quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

O VERDADEIRO JEJUM QUE AGRADA A DEUS


O VERDADEIRO JEJUM QUE AGRADA A DEUS

Há de forma generalizada a idéia que a abstenção de alimentos é o verdadeiro jejum e isto agrada a Deus, pois o Senhor Jesus fez a seguinte declaração:
1.            Mas esta espécie só sai pela oração e pelo jejum. Mt. 17: 22.
2.            Jesus respondeu: Como podem os convidados do noivo ficar de luto enquanto o noivo está com eles? Virão dias quando o noivo lhes será tirado; então jejuarão. Mt. 9: 15.
3.            Continuou ensinando: ...e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Mt. 28: 20.
O que em verdade constitui o verdadeiro jejum? Seria um simples ato de abster-se de alimento líquido ou sólido?
Declarações de Deus:
1.            Seria este o jejum que eu escolheria: que o homem um dia aflija a sua alma, que incline a cabeça como o junco e estenda debaixo de si pano de saco grosseiro e cinza?
2.            Chamarias tu a isso jejum e dia (o dia do jejum foi escolhido por nossa igreja sendo o sábado, tanto no passado bem como nos dias hodiernos, só que podemos jejuar em qualquer dia da semana que não fará diferença para Deus).
3.            aprazível ao Senhor? (as pessoas que de forma individual ou coletiva fazem abstenção de alimentos como se fosse o verdadeiro jejum e com um dia apenas especial na semana, pensam eles que estão agradando a Deus.
4.            Porventura, não é este (o que agrada a Deus) o jejum que escolhi (o verdadeiro jejum foi escolhido por Deus e jamais por qualquer instituição religiosa):
5.            ...que soltes as ligaduras da impiedade (crueldade, desumanidade – deixar de praticar a crueldade e desumanidade é o verdadeiro jejum que agrada a Deus, e os mesmos que instituíram o sábado como dia especial de jejum “abstenção de alimentos” são os mesmos que vivem no luxo e têm o melhor alimento em sua mesa enquanto alguns da membresia são de forma cruel e desumana negada os alimentos em nome da pregação do evangelho na seguinte forma: somente os pastores é que podem alimentar-se dos dízimos não importa se você esteja passando fome).
6.            , que desfaças as ataduras do jugo, (a membresia são subjugados e obrigados a crerem em certas mentiras institucionais teológicas, são obrigadas a submeterem-se aos caprichos da teologia desonesta e corrupta, caso contrário serão expulsos da igreja alegando que eles estão contra a instituição de Deus).
7.             ...e que deixes livres os quebrantados, (os humilhados e abatidos são escravizados e jamais libertados pelo autoritarismo da instituição religiosa, estas pessoas não têm liberdade de expressão, a igreja só é democrática para a pessoa que reza a cartilha da igreja, para os que mostram os erros doutrinários e de condutas são massacrados e expulsos da mesma forma como Hitler atuava).
8.            ...e que despedaces todo o jugo? (jamais, em hipótese alguma a igreja está quebrando o jugo da escravidão sobre as pessoas, a igreja apenas coloca super julgo sobre os ombros da membresia e os líderes ficam em suas carruagens e moradias de luxo enquanto o povão padece de fome e necessidades espirituais e materiais).
9.            Porventura, não é também que repartas o teu pão com o faminto (a igreja onde você congrega está fazendo isso? Dando pão para os membros que tem fome? Na verdade existem atitudes de forma isolada por parte de algum membro, quando envolve a instituição quando não esmolam o membro fazem da seguinte forma: Eu estava na Igreja de Vila nova e o Pastor da época chamou os diáconos e diaconisa para recolherem os dízimos e ofertas, depois desta ação ele falou à igreja que um irmão “x” estava com necessidades e se algum irmão pudesse ajudá-lo que procurasse tal pessoa em particular e desse qualquer quantia. Isto é totalmente satânico, por quê? Primeiro o pastor mandou colher os dízimos e ofertas, se porventura tivesse sobrado alguns centavos é que seria doado aquele irmão, ou seja, isto é esmola e jamais caridade cristã. O importante é manter o luxo das missões e pastores as ovelhas que se virem. A própria Palavra do Eterno ensina e autoriza a socorrer os irmãos com o dinheiro do dízimo.
10.          ...e recolhas em casa os pobres desterrados? Os expulsos “excluídos” são deixados a própria sorte, não existe amparo, é tão verdade que muitas vezes os pastores orientam os irmãos a não os receberem em casa, simplesmente pelo fato que o mesmo não concorda com as mentiras institucional. (Em outros casos a pessoa só é bem vista pela igreja se ela dá dinheiro à instituição, e tem que ser boa grana, caso contrário é até recebido de forma fria, é só observar quem chega a pé ou de bicicleta e aquele que chega de carro novo e defende cegamente as heresias e doutrinas falsas).
11.          E, vendo o nu, o cubras (lembro perfeitamente bem que na década de 80 eu estava numa pindaíba braba, e como não estava com recursos para comprar roupas novas, fui com uma calça velha e com o bolso rasgado, um líder chegou perto de mim, vale lembrar que ele é rico e líder na igreja e perguntou: Irmão você não tem vergonha de vir para a igreja com uma calça dessas. Eu respondi: É só comprar uma nova e me dá. Ele simplesmente ficou calado). E há na grande maioria a necessidade da roupa da justiça de Cristo, mas, em vez de apresentarem esta vestimenta maravilhosa os pastores apresentam as vestimentas da teologia e a membresia ficam satisfeitos pensando que é vantajosos perante Deus.
12.          ...e não te escondas daquele que é da tua carne? (Quando a pessoa resolve aceitar apenas a Palavra Eterna e Deus em sua vida, esta pessoa é desprezada e considerada um instrumento de Satanás. Uma pessoa da igreja disse-me: Você é um cão. Eu respondi: Se aceitar e crer na Palavra de Deus é ser um cão, eu quero ser o maior cão do mundo).
13.          Então, romperá a tua luz como a alva, e a tua cura apressadamente brotará, e a tua justiça irá adiante da tua face, e a glória do Senhor será a tua retaguarda. Então, clamarás, e o Senhor te responderá; gritarás, e Ele dirá: Eis-Me aqui; acontecerá isso se tirares do meio de ti o jugo (exclusão dos necessitados que trabalham no sábado, por falta de opção e dos que optaram em ficar com a Palavra de Deus no lugar da teologia), o estender do dedo (este por não aceitar nossas doutrinas falsas e Ellen White não é de Deus) e o falar vaidade (teologia substituta do Espírito Santo); e, se abrires a tua alma ao faminto (se você observar com o olho da honestidade verás que nas igrejas incluindo as chamadas Reformistas as pessoas com ou sem nenhum recurso financeiro ficam jogadas a própria sorte) e fartares a alma aflita (na verdade em vez de apresentarem um Salvador amoroso, eles apresenta um Salvador que só quer saber de sábado, dízimo e abstenção de alimentos), então, a tua luz nascerá nas trevas, e a tua escuridão será como o meio-dia. “E o Senhor te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares secos, e fortificará teus ossos; e serás como um jardim regado e como um manancial cujas águas nunca faltam.” Isa. 58:5-11. Por não obedecerem este conselho do Eterno é que, nossa igreja cresce em número e cai na qualidade espiritual.
Os membros depois que recebem lavagem cerebral por parte dos pastores eles passam a crer que a verdadeira religião é a que guarda o sábado, guarda a lei, crer em Ellen White e aceita de forma incondicional o que os pastores dizem.
O Espírito Santo ensina de forma diferente:
1.            A religião (as pessoas pensam que: Batista, IASD, AD, CB, REFORMISTAS e etc. são religiões, na verdade são instituições que fingem serem religiões com intuito de arrecadarem dinheiro para manter o luxo de seus lideres e escravizarem as pessoas).
2.            ...pura (O Espírito Santo afirma que a verdadeira religião (igreja) de Deus é pura, ou seja, legítima, casta e sem defeitos. Ellen White mentiu quando afirmou que a igreja de Deus é débil, defeituosa e que deve permanecer assim até a volta de Jesus Cristo).
3.            ...e imaculada (sem mancha, sem mácula, sem nódoa, inocente, pura e modesta) qualidade que nas instituições religiosas, independente do que está escrito na fachada do templo não está relacionada com a Palavra de Deus, isto é muito sério e deve ser pensado.
4.            ...perante o Pai (ou seja, a verdadeira igreja de Deus é esta que está na presença dEle e tem as qualidades afirmadas acima e abaixo).
5.            ..é esta: "Visitar os órfãos: no sentindo de suprir suas necessidades por meio do dízimo pois é bíblico), mas, quando órfãos e viúvas recebem visitas é apenas para serem cobrada deles o dízimo alegando que é para Deus, caso contrário eles estarão perdidos. Se são probres coitados que não tem com que contribuir, não recebem visitas.
6.            ...e as viúvas nas suas tribulações: no sentindo de suprir suas necessidades por meio do dízimo pois é bíblico), mas, quando órfãos e viúvas recebem visitas é apenas para serem cobrada deles o dízimo alegando que é para Deus, caso contrário eles estarão perdidos. Se são probres coitados que não tem com que contribuir, não recebem visitas. Minha mãe até esta data 03/09/2011 está com dois meses morando bem em frente à casa de um dos anciãos e até hoje ainda não recebeu visita dele ou de sua esposa, alguém poderá afirmar: Ele não deve ter tempo. Se for o caso porque ele quase todos os fins de semana viaja em passeio com sua família? Em outros simplesmente fica em casa? A verdade é que ela é pobre, se morasse em uma casa de luxo com certeza até o pastor já a teria visitado. Como podem observar, é mais uma qualidade que a IASD, REFORMISTAS E AS DEMAIS não tem, isto a desqualificam como igreja única de Deus.
7.            ...e guardar-se da corrupção: certas doutrinas da igreja que não passam de mentiras: rebatismo, livros de Ellen White sendo o Testemunho de Jesus, falsas curas, domingo como dia do Senhor, juízo investigativo, entrada de Jesus Cristo no santíssimo em 22/10/1844. do mundo." Tg. 1:27.
Assim escreveu a escritora norte americana: Notem cristãos egoístas, toda negligência aos pobres e órfãos necessitados, é negligência a Jesus na pessoa deles. B.S. 40.
O simples fato de abster-se de alimento para Deus não é o verdadeiro jejum.
De que lado ficarás? Dos que advogam a Palavra do Eterno como verdade ou dos que advogam que só a teologia tem a resposta?
Autor: Eurias R. Carneiro
carneiro.euras@gmail.com