segunda-feira, 30 de abril de 2012

JERÔNIMO CONFESSA QUE ADULTEROU A BÍBLIA VULGATA!

JERÔNIMO CONFESSA QUE ADULTEROU A BÍBLIA 



Jerônimo Confessou que Adulterou a Bíblia sagrada, a vulgata, de onde foram transliteradas muitas outras bíblias; inclusivel a que a CCB usa, a J.F.A lida e corrigida.

A Confissão de Jerônimo!

"Obrigas-me fazer de uma Obra antiga uma nova... da parte de quem deve por todos ser julgado, julgar ele mesmo os outros, querer mudar a língua de um velho e conduzir à infância o mundo já envelhecido.

Qual, de fato, o douto e mesmo o indouto que, desde que tiver nas mãos um exemplar, depois de o haver percorrido apenas uma vez, vendo que se acha em desacordo com o que está habituado a ler, não se ponha imediatamente a clamar que eu sou um sacrílego, um falsário, porque terei tido a audácia de acrescentar, substituir, corrigir alguma coisa nos antigos livros? (Meclamitans esse sacrilegum qui audeam aliquid in verteribus libris addere, mutare, corrigere). Um duplo motivo me consola desta acusação.

O primeiro é que vós, que sois o soberano pontífice, me ordenais que o faça; o segundo é que a verdade não poderia existir em coisas que divergem, mesmo quando tivessem elas por si a aprovação dos maus". (Obras de São Jerônimo, edição dos Beneditinos, 1693, t. It. Col. 1425).

Gostaria de salientar aqui, que é na versão da Vulgata Latina que estão baseadas quase todas as traduções modernas, como por exemplo, a versão João Ferreira de Almeida, padre Matos Soares, etc... E eu pergunto para aqueles que se dizem "reformadores", por que ainda estão embriagados com esse vinho de Babilônia? - Por que a Casa Publicadora dos Adventistas, que dizem ser "depositários" da verdade, não traduziram e publicaram uma Bíblia diretamente dos originais hebraicos?

- Por que a Congregação Cristã no Brasil, que também dizem ser os únicos donos da verdade, não traduziram e publicaram uma Bíblia digna de confiança? - TODOS preferem adorar o mesmo "deus romano", para se cumprir às profecias...
Fonte: http://www.testemunhasdeyehoshua.org.br/gpage3.html

Deus seja louvado.


sexta-feira, 27 de abril de 2012

A FRATERNIDADE DA BESTA - APC. 16: 13

A FRATERNIDADE DA BESTA - APC. 16: 13.


A Fraternidade da Besta


Você já reparou quantas denominações "cristãs" existem por aí afora? A única coisa que eles têm em comum é que todos eles estão pregando algo diferente, porém todos eles dizem ter "a verdade". Pare e pense sobre isso por um momento.

Obviamente, há algo muito, mas muito errado aqui. Concorda? Analizemos… Sobre o que é que eles estão pregando? Alguns pregam o evangelho da prosperidade, quanto mais dinheiro você lhes dá maiores bênçãos materiais você terá. Outros pregam o evangelho emocional, eles sobem às plataformas para gritar e dançar como palhaços, com o único propósito de entreter você e no final do serviço tudo o que você lembra é como foi emocionante! Mal pode lembrar qual foi o assunto do sermão (se é que teve assunto…). Outros pregam a Lei de Moisés misturada com cerca de 48 volumes intermináveis ​​do “Espírito de Profecia” composto por visões, estilos de vida, doutrinas gnósticas, saúde, hábitos alimentares, aconselhamento educacional e moral, etc, etc ... Outros dizem ser uma espécie de "garcons do Espírito Santo” e “curandeiros” colocando as mãos sobre as pessoas fazendo-os cair no chão, pular, falar em antigas línguas sumérias e rir com uma incontrolável “alegria santa”. Alguns outros incorporam política em seus sermões, o sionismo, tradições feitas pelo homem, a idade nova do evangelho e do positivismo. E ainda outros “ministros” nem sequer sabem o que pregam, eles apenas sobem em seus púlpitos para fazer um espetáculo de si mesmos. Mas, Jesus e os apóstolos não nos advertiram sobre este tipo de comportamento?


No passado surgiram falsos profetas no meio do povo, como também surgirão entre vocês falsos mestres. Estes introduzirão secretamente heresias destruidoras, chegando a negar o Soberano que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. Muitos seguirão os caminhos vergonhosos desses homens e, por causa deles, será difamado o caminho da verdade. Em sua cobiça, tais mestres os explorarão com histórias que inventaram. Há muito tempo a sua condenação paira sobre eles, e a sua destruição não tarda.” 2 Pedro 2:1-3 NVI 

Então ouvi outra voz dos céus que dizia: “Saiam dela, vocês, povo meu, para que vocês não participem dos seus pecados, para que as pragas que vão cair sobre ela não os atinjam! Pois os pecados da Babilônia acumularam-se até o céu, e Deus se lembrou dos seus crimes.” Apocalipse 18:4-5 NVI 

Fujam da Babilônia! Cada um por si! Não sejam destruídos por causa da iniqüidade dela. É hora da vingança o Senhor; ele lhe pagará o que ela merece.” Jeremias 51:6 NVI

Evidência histórica que mostra uma agenda obscura e escondida infiltrada nas supostas entidades “cristãs”:






Alice Bailey (1880-1849), um ocultista teósofa, e fundadora da Lucifer Trust, nome que mais tarde foi alterado a "The Lucius Trust" também conhecida como a Escola Arcana, revela em um de seus livros um plano onde agentes secretos do Illuminati estariam trabalhando dentro das igrejas com o objetivo principal de criar uma irmandade religiosa obscura. Através deste plano eles iriam mudar, controlar e transformar a crença das massas.



Alice Bailey (1880-1849)
, um ocultista teósofa, e fundadora da Lucifer Trust, nome que mais tarde foi alterado a "The Lucius Trust" também conhecida como a Escola Arcana, revela em um de seus livros um plano onde agentes secretos do Illuminati estariam trabalhando dentro das igrejas com o objetivo principal de criar uma irmandade religiosa obscura. Através deste plano eles iriam mudar, controlar e transformar a crença das massas.

“Haverá o trabalho invocativo das massas do povo, treinado por pessoas espiritualmente inteligentes do mundo (que trabalham nas igrejas, sempre que possível, sob um clero iluminado) a aceitar o fato das energias espirituais que se aproximam, focalizadas através da Hierarquia espiritual... Esse trabalho, quando corretamente conduzido, evocará resposta da próxima Hierarquia; através desta resposta, a crença das massas será gradualmente transformada na convicção do conhecedor. Desta forma a humanidade será transformada e espiritualizada.” (Bailey, Alice – Externalization of the Hierarchy, p. 418, 1957)
Texto original em inglês:  

“There will be the invocative work of the masses of the people, trained by the spiritually minded people of the world (working in the churches, whenever possible, under an enlightened clergy) to accept the fact of the approaching spiritual energies, focused through the spiritual Hierarchy… This work, when rightly carried forward, will evoke response from the waiting Hierarchy; through this response, the belief of the masses will gradually be changed into the conviction of the knower. In this way humanity will be transformed and spiritualized.” (Bailey, Alice – Externalization of the Hierarchy, p. 418, 1957)

Do livro “Freemansonry Unmasked” escrito por George E. Dillon lemos o seguinte: 
“É a corrupção em massa que temos realizado, a corrupção do povo através do clero, e a corrupção do clero por nós mesmos; corrupção, que deve um dia nos permitir colocar a Igreja em seu túmulo.” (George E. Dillon, D.D., Grand Orient Freemasonry Unmasked as the Secret Power Behind Communism, [Metairie, LA: Sons of Liberty revised edition 1950; original edition New York: Burns and Oats, 1885], p.64).

Texto original em inglês: 

“It is corruption en masse that we have undertaken; the corruption of the people by the clergy, and the corruption of the clergy by ourselves; the corruption which ought, one day, to enable us to put the Church in her tomb.” (George E. Dillon, D.D., Grand Orient Freemasonry Unmasked as the Secret Power Behind Communism, [Metairie, LA: Sons of Liberty revised edition 1950; original edition New York: Burns and Oats, 1885], p.64).

Outra nota interessante da Sociedade Secreta dos Maçons (Freemasons Secret Society) revela o seguinte: 

“O dia virá em que entre os povos que não tiveram um século 18, nem um 1789, monarquias e religiões irão colapsar. Esse dia não está longe, e nós estamos esperando por isso... esse dia trará a fraternidade maçônica universal dos povos, o ideal que nós estabelecemos para nós mesmos. É o nosso dever apressar a sua vinda.” (International masonic congress of the centenary of 1789-1889, pp. 147-149).

Texto original em inglês: 

“The day will come when among the peoples who have not had an 18th century nor a 1789, monarchies and religions will collapse. That day is not far off, and we are expecting it… that day will bring about the masonic universal fraternity of peoplesthe ideal which we set up for ourselves. It is our business to hasten its coming.” (International masonic congress of the centenary of 1789-1889, pp. 147-149).


O grande objetivo é criar confusão, distorção, corrupção definindo a base para unificar o mundo sob uma Falsa Religião Universal. Essas falsas denominações religiosas têm destruído o verdadeiro evangelho por muitos anos, transformando o cristianismo numa espécie de circo de charlatanismo, com todos os tipos de falsos profetas e ministros ensinando todos os tipos de mentiras e, finalmente, distraindo as massas que lhes entregam suas almas buscando segurança e alimento espiritual, inconscientes do perigo que estão correndo fazendo parte dessa Grande Babilônia. 

Pense nisso: Que melhor e mais seguro lugar para a sua alma que uma igreja? O inimigo, astuto como só ele é, sabe muito bem que o melhor lugar para encontrar aqueles que buscam a Deus é numa igreja. Assim, ele usa exatamente o instrumento que as pessoas usam quando querem buscar a Deus como a sua melhor armadilha. Bem aí, no conforto e segurança de uma igreja, os confunde e os leva a crer e praticar falsas doutrinas que os manterão distraídos, cada vez mais distantes do verdadeiro evangelho, porém felizes porque pensam que estão no caminho correto, na igreja verdadeira. Ele sabe que já perdeu a guerra…. e soube no dia em que Jesus morreu na Cruz. O que lhe resta agora é tentar levar consigo o máximo de nós – Filhos de Deus – que puder.


O que fazemos então? Como sabemos a quem seguir? Jesus nunca nos mandou seguir a homens ou a submeter-nos a qualquer uma dessas denominações religiosas. Existe apenas uma verdade e se chama JESUS ​​CRISTO. Podemos ir a Ele com confiança sem ter que passar pelo sistema religioso deste mundo que foi criado por homens. 

A intenção dessa graça era que agora, mediante a igreja, a multiforme sabedoria de Deus se tornasse conhecida dos poderes e autoridades nas regiões celestiais, de acordo com o seu eterno plano que ele realizou em Cristo Jesus, nosso Senhor, por intermédio de quem temos livre acesso a Deus em confiança, pela fé nele.” Efésios 3:10-12 NVI. 

Tudo o que precisamos saber está nos evangelhos e não precisamos confiar na interpretação de ninguém. Quando temos Jesus em nossos corações, a unção do Espírito Santo nos dá entendimento. O que todas essas falsas religiões e os seus professores/pastores estão fazendo é tentar desviar a nossa atenção para nos manter longe da verdade e destruir a nossa fé em Cristo sem que nos demos conta.

Quanto a vocês, cuidem para que aquilo que ouviram desde o princípio permaneça em vocês. Se o que ouviram desde o princípio permanecer em vocês, vocês também permanecerão no Filho e no Pai. E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna. Escrevo-lhes estas coisas a respeito daqueles que os querem enganar. Quanto a vocês, a unção que receberam dele permanece em vocês, e não precisam que alguém os ensine; mas, como a unção dele recebida, que é verdadeira e não falsa, os ensina acerca de todas as coisas, permaneçam nele como ele os ensinou.” 1 João 2:24-27 NVI

Fomos em algum momento instruídos a congregar em templos físicos feitos por homens?




Mas foi Salomão quem lhe construiu a casa para Deus. ‘Todavia, o Altíssimo não habita em casas feitas por homens’. Como diz o profeta: ‘O céu é o meu trono, e a terra, o estrado dos meus pés. Que espécie de casa vocês me edificarão? diz o Senhor, ou, onde seria meu lugar de descanso? Não foram as minhas mãos que fizeram todas estas coisas?’ Povo rebelde, obstinado de coração e de ouvidos! Vocês são iguais aos seus antepassados: sempre resistem ao Espírito Santo!” Atos 7:47-51 NVI

O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há é o Senhor dos céus e da terra, e não habita em santuários feitos por mãos humanas. Ele não é servido por mãos de homens, como se necessitasse de algo, porque ele mesmo dá a todos a vida, o fôlego e as demais coisas. De um só fez ele todos os povos, para que povoassem toda a terra, tendo determinado os tempos anteriormente estabelecidos e os lugares exatos em que deveriam habitar. Deus fez isso para que os homens o buscassem e talvez, tateando, pudessem encontrá-lo, embora não esteja longe de cada um de nós. ‘Pois nele vivemos, nos movemos e existimos’, como disseram alguns dos poetas de vocês: ‘Também somos descendência dele’.” Atos 17:24-28 NVI

Deus não pode ser encontrado em estruturas físicas, construídas por homens. Sob o novo pacto, a adoração é em espírito e somente através da fé.

Mas a Bíblia nos instrui a congregar, e aí?


Pois onde se reunirem dois ou três em meu nome, ali eu estou no meio deles.” Mateus 18:20 NVI

Congregar não necessariamente quer dizer que tem que ser dentro de uma igreja, de um determinado edifício. Podemos congregar com nossos familiares e amigos em nossas casas, num parque, via Skype, em qualquer lugar! Mas quando nos submetemos aos ensinos desses falsos apóstolos hipócritas, colocamos as nossas almas em grande perigo. O templo verdadeiro não é uma estrutura física e visível. O templo verdadeiro está em nós, em nossos corações, e a adoração consequentemente é feita em espírito.  

Que harmonia entre Cristo e Belial? Que há de comum entre o crente e o descrente? Que acordo há entre o templo de Deus e os ídolos? Pois somos santuário do Deus vivo. Como disse Deus: ‘Habitarei com eles e entre eles andarei; serei o seu Deus, e eles serão o meu povo’.” 2 Coríntios 6:15-16 NVI

No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.” João 4:23-24 NVI

Disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: ‘Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará.” João 8:31-32

Sim, nós fomos libertados em Jesus! Não apenas do pecado, mas também de todos esses falsos mestres, da máquina religiosa contra a qual o próprio Jesus lutou quando Ele estava aqui na Terra. Somos agora Seus filhos, portanto, já não somos mais escravos de homens, fomos libertados da escravidão e não há mais necessidade de ser levado cativo por sistemas religiosos de homens.

Irmãos, vocês foram chamados para a liberdade. Mas não usem a liberdade para dar ocasião à vontade da carne; ao contrário, sirvam uns aos outros mediante o amor. Toda a Lei se resume num só mandamento: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo.” Gálatas 5:13-14 NVI

Conclusão:

A única religião verdadeira é “Fé em Jesus Cristo”. Leia os evangelhos e não confie em homens. 

Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie.” Efésios 2:8-9 NVI




PERSEGUIDOS POR QUAL MOTIVO?

Uma profetisa afirma que o povo de Deus será e foi perseguido por causa do sábado - Expedir-se-á, por fim, um decreto contra os que santificam o sábado do quarto mandamento, denunciando-os como merecedores do mais severo castigo, e dando ao povo liberdade para, depois de certo tempo, matá-los.O Romanismo no velho mundo, e o protestantismo apostatado no novo, adotarão uma conduta idêntica para aqueles que honram todos os preceitos divinos.( GC pag.621).


Cristo afirma que seus seguidores, povo de Deus, seriam perseguidos por causa de seu nome e jamais por causa de um dia:


E de todos sereis odiados por causa do meu nome. Lc. 21: 17.
Mas tudo isto vos farão por causa do meu nome, porque não conhecem aquele que me enviou. Jo. 15: 21.
E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim será salvo. Mt. 10: 22.
Mas antes de todas estas coisas lançarão mão de vós, e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e às prisões, e conduzindo-vos à presença de reis e presidentes, por amor do meu nome. Lc. 21: 12.
E sofreste, e tens paciência; e trabalhaste pelo meu nome, e não te cansaste. Ap. 2: 3.
Porque diz a Escritura a Faraó: Para isto mesmo te levantei; para em ti mostrar o meu poder, e para que o meu nome seja anunciado em toda a terra. Rm. 9: 17.


Não vou comentar os textos, mas cabe a você decidir a quem vai dá crédito, é impossível harmonizar a profetisa com as palavras de Cristo. São sete afirmações do Pai da Verdade contrário a afirmação da mãe da verdade.

ARMAS UTILIZADAS PARA MARTIRIZAR QUEM CRIA, ACEITAVA E PREGAVA O NOME DE CRISTO.

INSTRUMENTOS DE TORTURA DE CRISTÃOS NA IDADE MÉDIA

RODA DE DESPEDAÇAMENTO
Uma roda onde o acusado é amarrado na parte externa. Abaixo da roda há uma bandeja metálica na qual 

ficavam depositadas a brasas. À medida que a roda se movimentava em torno do próprio eixo, o acusado 

era queimado pelo calor produzido pelas brasas. Por vezes, as brasas eram substituídas por agulhas 

metálicas. Este método foi utilizado entre 1100 e 1700 em países como Inglaterra, Holanda e Alemanha.

CAVALO DE TORTURA

Este meio de tortura deveria ser, na minha opinião, um dos mais dolorosos. O instrumento era em formato de pêra e era introduzido na boca e reto, e nas mulheres, na vagina. Lentamente era aberto, até chegar na sua abertura máxima, lacerando garganta, intestino e a raiz do útero.

INSTRUMENTO DE TORTURA

Entre as 40 peças de tortura, estão um esmagador de dedo polegar e o cinto de castidade para homens. Este último utilizado geralmente para evitar que escravos dos castelos praticassem estupros.

 cadeira da inquisição

balcão de estiramento

Os mais terríveis instrumentos de tortura utilizados pela Inquisição




esmaga-joelhos era colocado na perna da vítima, na altura do joelho, e apertado até que as pontas penetrassem na carne, estraçalhando a rótula. 





Estrangulamento de Marianna de Karvajal

(Tortura dos Peitos)


A Forquilha dos Hereges