terça-feira, 24 de abril de 2012

A LUZ DE QUEM?


                                                       A Luz de Quem?

É difícil andar no escuro. Quando não conhecemos o caminho, se torna impossível. Por isso, entendemos facilmente o que o salmista disse para Deus: "Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos" (Salmo 119:105).
Isaías utilizou o mesmo tema de luz para o caminho nas suas profecias sobre a missão do Messias: "...te farei mediador da aliança com o povo e luz para os gentios; para abrires os olhos aos cegos, para tirares da prisão o cativo e do cárcere, os que jazem em trevas"(42:6-7); "Guiarei os cegos por um caminho que não conhecem, fá-los-ei andar por veredas desconhecidas; tornarei as trevas em luz..." (42:16). No Novo Testamento, Jesus é descrito como "a verdadeira luz" que veio ao mundo para iluminar a todo homem (João 1:9). Ele mesmo afirmou: "Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida" (João 8:12).
Mas nem todos aceitam a direção do Senhor e Salvador. Isaías predisse isso quando falou de duas reações diferentes ao Servo do Senhor: Alguns que andaram nas trevas aceitam a luz e confiam no Senhor (50:10). Esses terão paz (26:3; 54:10). Outros negam a sua necessidade e confiam no seu próprio fogo para tentar achar o caminho (50:11). Esses se perdem e sofrem as conseqüências:"Para os perversos, todavia, não há paz, diz o SENHOR" (48:22).
As opções hoje são as mesmas. Alguns acendem o seu próprio fogo, não reconhecendo sua necessidade espiritual ou procurando soluções na sabedoria humana. Procuram em vão satisfazer as necessidades espirituais na idolatria, na ciência ou nas filosofias humanas. Mas aqueles que entendem que "não cabe ao homem determinar o seu caminho" (Jeremias 10:23) e que deposi-tam a sua confiança em Deus terão paz!
Por Dennis Allan

Nenhum comentário: