segunda-feira, 23 de abril de 2012

O ESPÍRITO É IMPESSOAL?


O ESPÍRITO É IMPESSOAL?

IMPESSOAL – Uma das definições para esta palavra é que, não tem personalidade, ou seja, que não tem individualidade e presença.
PESSOAL – Uma das definições para esta palavra é que, é individual, amigo e é uma pessoa.
ESPÍRITO – Pode ser definido como sendo: Alma, coração ou íntimo. Sendo, portanto ao mesmo tempo definição de pessoa carnal ou espiritual.

COMO PODEREMOS DEFINIR DEUS E ESPÍRITO?

Jeová por ser um espírito não seria uma pessoa por não ter carne e ossos?
O Espírito Santo por ser um espírito não seria uma pessoa por não ter carne e ossos?
Jesus por ser espírito não seria uma pessoa antes de encarnar em carne e ossos?
Satanás e seus anjos por serem espíritos não seriam pessoas por não possuir carne e ossos?

CONHECENDO OS ESPÍRITOS

1.            Por ser Deus um espírito poderíamos afirmar que Ele não é uma pessoa? Deus é Espírito... Jo. 4: 24. – Mas, Ele é uma pessoa - Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome... Mt. 6: 9.
2.            Por ser sido Cristo espírito poderíamos afirmar que Ele não era uma pessoa? ...o último Adão em espírito vivificante. I Co. 15: 45. Mas, Ele é uma pessoa. Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos... Jo. 20: 27.
3.            Os demônios são espíritos, neste caso poderíamos afirmar que eles não são pessoas? ...segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. Ef. 2: 2. – Com certeza ele é uma pessoa. - Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor,... I Pd. 5: 8.
4.            Os anjos por serem espíritos poderíamos afirmar que não são pessoas? Não são porventura todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor daqueles que hão de herdar a salvação. Heb. 1: 14. Com certeza são pessoas.
5.            Por nós sermos espíritos não seríamos pessoas? E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. I Ts. 5: 23.
6.            E o Espírito Santo por ser um espírito não seria uma pessoa distinta e com personalidade própria?

O ESPÍRITO SANTO É OU NÃO É UMA PESSOA?

Neste estudo não é sobre a divindade, ou seja, se Ele é Divino ou não, e sim, se Ele é uma pessoa ou um poder que sai de Jeová para o Cristo e dEle para seus seguidores.
Não serão usados conhecimentos dos antitrinitarianos, trinitarianos, arianos ou os meus, e sim, o que está escrito na Palavra de Deus.
Nesta Palavra está a reposta para todas as dúvidas para quem quer realmente conhecer os segredos de Deus, o mal está quando a pessoa busca textos para dar ênfase no que ela crer ou deixa de crer.
Nestas poucas linhas me manterei neutro, minha busca é sobre o conhecimento das Sagradas Escrituras. Sobre Sua divindade será abordada em outro estudo totalmente escriturístico.
a)           Cristo é acusado de fazer seus milagres por meio de pessoa (espírito) - Tem Belzebu, e pelo príncipe dos demônios expulsa os demônios.
Mc. 3: 22.
b)           Em respostas Cristo os adverte que a pessoa que falar mal de certa Pessoa (Espírito) não teria perdão em hipótese alguma. Qualquer, porém, que blasfemar contra o Espírito Santo, nunca obterá perdão, mas será réu do eterno juízo. M. 3: 29.
c)            Uma pessoa (Espírito) traz a advertência que muitos abandonariam a fé dos santos para crerem em outras pessoas (espíritos). Mas o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios.
I T. 4: 1.
d)           Não devemos conceder crédito a qual pessoa (espírito), devemos colocar a prova as pessoas (espíritos) que afirmam ser de Deus. Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.
1 Jo. 4: 1.
e)           Nisto conhecereis a pessoa (Espírito) que vem de Deus. Nisto conhecereis o Espírito de Deus. I Jo. 4: 2.
f)             Quando a pessoa deixa de andar pela teologia e pela religião e seus passos passam a ser fixado na Palavra de Deus, ele tem a capacidade de identificar qual a pessoa (espírito) é de Deus e qual a pessoa (espírito) é demônio. Nisto conhecemos nós o espírito da verdade e o espírito do erro. I Jo. 4: 6.
g)           Deus (espírito/pessoa) se manifestou em carne, foi justificado por uma Pessoa (Espírito), foi visto em carne pelas pessoas (anjos/espíritos).  E, sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne, foi justificado no Espírito, visto dos anjos, pregado aos gentios, crido no mundo, recebido acima na glória. I T. 3: 16.
h)           A Pessoa (Espírito) da verdade. O Espírito de verdade... Jo. 14: 17.
i)             A Pessoa (Espírito) da verdade, que procede (brota/deriva) da Pessoa (Pai/Espírito). ...aquele Espírito de verdade, que procede do Pai, ele testificará de mim. Jo. 15: 26.
j)             Quando vier a Pessoa (Espírito) de verdade, esta pessoa não ia falar de seus conhecimentos e sim, depois que tivesse ouvido as instruções de outra Pessoa (Espírito) repassaria aos seguidores da pessoa (outrora Espírito) encarnada como Jesus e feito Cristo de Deus. Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir. Jo. 16: 13.
k)            O anti Cristo vem segundo a eficácia (energia/poder) da pessoa (espírito/Satanás). A esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás... II Ts. 2: 9.
l)             A pessoa (iníquo/espírito) será destruída pela pessoa (Jesus/outrora apenas Espírito). E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor ...
II Ts. 2: 8.
m)          Ananias mentiu para a Pessoa (Espírito Santo) por influência da pessoa (espírito/Satanás). Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo... At. 5: 3.
n)           Devemos ser da Pessoa (Espírito) Deus, e a pessoa (espírito) Satanás não terá capacidade de ficar ao nosso lado. Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. T. 4: 7.
Concluindo sobre esta análise se o Espírito Santo é ou não uma pessoa distinta das demais, ou se Ele é apenas uma força (energia) que sai de Jeová para Cristo e para seus seguidores.
Abaixo estão vinte características e personalidades de uma pessoa, sendo que, caso fosse apenas uma força (energia) não teria personalidades e características unificadas.
1.            Ele tem mente e vontade – Rm. 8: 7.
2.            É tratado por pronome pessoal (Ele) – Jo. 16: 14, Ef. 1: 14.
3.            É citado entre outras pessoas como sendo pessoa – At. 15: 28.
4.            Tem conhecimento – I Co. 2: 11.
5.            Ensina – Lc. 12: 12, Jo. 14: 26.
6.            Convence – Jo. 16: 8, Gn. 6: 3.
7.            Impede – At. 16: 6,7.
8.            Concede e permite – At. 2: 4.
9.            Administra e distribui – I Co. 12: 11.
10.         Fala – At. 10: 19; 13: 2, Jo. 16: 13.
11.         Toma decisões – I Co. 12: 11.
12.         Guia – Jo. 16: 13, Gl. 5: 18.
13.         Anuncia – Jo. 16: 14,15.
14.         Fica triste – Ef. 4: 30.
15.         Intercede – Rm. 8: 26.
16.         Chama – Ap. 22: 17.
17.         Procura – I Co. 2: 10.
18.         Agrada-se – At. 15: 28.
19.         Pode ser tentado (provocado) pelo homem – At. 5: 9.
20.         Pode ser difamado e blasfemado – Mt. 12: 31.

Uma “força” ou “influência” não poderia ter tais características pessoais. Mas os que crêem assim argumentam dizendo: Se o Espírito Santo é uma Pessoa, como é possível que habite dentro de outra pessoa, como nos diz Paulo em I Cor. 6: 19?
Ora, ninguém nega que Cristo é uma Pessoa. No entanto, o mesmo apóstolo Paulo diz, em Efésios. 3: 17: “E, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé.” Se Cristo, sendo uma Pessoa, pode habitar em nosso coração, assim também o Espírito Santo.
Os demônios têm poder e capacidade de habitar dentro do ser humano, sendo assim eles não são pessoais e sim impessoais, ou seja, não são pessoas. Mas esta casta de demônios não se expulsa (de dentro da pessoa) senão pela oração e pelo jejum. Mt. 17: 21.
Como ficou evidente, o Espírito Santo não é impessoal, e sim, uma pessoa que ama e tem interesse no ser humano.
Nestes textos não existe nenhuma afirmação que o Espírito Santo seja mesmo Divino ou não, no próximo trataremos de Sua Divindade.
Autor: Euras R. Carneiro

Nenhum comentário: