quinta-feira, 8 de novembro de 2012

144.000 E O CREDO TEOLÓGICO


144.000 E O CREDO TEOLÓGICO

Este grupo seria literal e suas tribos simbólicas como alguns grupos religiosos movimentos de reforma o quer assim? 
Os 144.000 seriam simbólicos ou literais? 
Os gentios podem fazer parte ou não?
O valor do entendimento é o que a teologia ensina ou o que as Sagradas Escrituras demonstram por meio de suas páginas?
Algumas pessoas devotam suas crenças na teologia religiosa como se ela fosse à depositária da sabedoria divina e qualquer pessoa que não crer conforme as regras doutrinárias de tais teólogos, são excluídas de seus meios por ser uma erva daninha, mas os que estão dispostos a terem freios nos conhecimentos a semelhança de gado não conseguem ver a beleza dos ensinamentos das Sagradas Escrituras.
Não podemos ser os donos da verdade, mas buscadores da verdade e ter a sabedoria para diferenciar entre tantas que são apresentadas como verdades.
O que vamos abordar não é salvação, mas informação.
Conhecereis a verdade foi o que Cristo afirmou para que a pessoa possa ser verdadeiramente livre.
Vamos rebuscar em vários textos sobre os 144.000 para termos o verdadeiro entendimento.

A COMEÇAR POR APOCALIPSE 7:

1.   Não vamos entrar em detalhes sobre este selo porque já existe em meu blog que aborda esta questão. A ordem dada aqui é para que haja proteção da natureza, e podemos observar que o mundo se reuniu pela primeira vez para traçar planos de preservação em 1992, ficou conhecido como ECO 92. Conforme o texto afirma é que esta proteção duraria até que os servos de Deus tenham sido todos assinalados em suas testas. Dizendo: Não danifiqueis a terra, nem o mar, nem as árvores, até que hajamos assinalado nas suas testas os servos do nosso Deus. Ap. 7: 3.
2. O profeta não viu o grupo de assinalados, ele apenas ouviu o número dos que foram assinalados que são 144.000, estas pessoas que receberam o selo de Deus em suas testas são das tribos de Israelitas. – (a) Quando a pessoa se convertia ao Deus vivo na antiga dispensação ela jamais fazia parte de uma tribo de Israel, ela apenas passava a fazer parte da congregação Israelita sem nenhuma ligação com alguma tribo. Em Apc. 2: 9 e 3: 9 – (b) Há duas advertências aos que se dizem judeus e não são, estas pessoas que afirmam ser judias são na verdade sinagoga de Satanás. Este grupo de pessoas assinaladas é estritamente formado com as tribos de Israel. - E ouvi o número dos assinalados, e eram cento e quarenta e quatro mil assinalados, de todas as tribos dos filhos de Israel. Ap. 7: 4.
3.    Podemos rachar uma profecia no meio somente para agradar os líderes religiosos?
4.    Depois que o profeta ouviu o número dos assinalados e sobre quem são os assinalados, ele olhou e viu os que foram assinalados e sua expressão é que este grupo dos 144.000 é formado por uma quantidade de pessoas impossível de serem contadas por ser  tão grande o número. Como poderia um pequeno número ser incontável? Há uma profecia Bíblica sobre o futuro de Israel que será cumprida após terminar o tempo dos gentios que diz: E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades. Rm. 11: 1 a 36. O número 144.000 é compostos por Israelitas e descendentes diretos de Abraão que estão espalhados por todos os países.
5.  Um dos anciãos perguntou ao profeta se ele sabia quem são e de onde vieram estas pessoas vestidas de branco: E um dos anciãos me falou, dizendo: Estes que estão vestidos de vestes brancas, quem são, e de onde vieram? Ap. 7: 13.
6.   A resposta foi bem clara, são pessoas que vieram da grande tribulação, vocês conhecem uma raça de pessoas que mais foram perseguidas por causa de sua fé do que o povo Israelita? Desde o tempo dos patriarcas até hoje são um povo odiado e perseguido porque nunca abandonaram a fé e foi do meio deles que veio a Salvação a todos. E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro. Ap. 7: 14.

CONTINUANDO COM APOCALIPSE 14:

1.            Quem é o cordeiro? É Cristo. Se o número é literal o cordeiro também dever ser, se o cordeiro é simbólico o número também o é, não podemos dividir uma profecia para ajustar ao que achamos ser certo. Que selo este grupo de pessoas recebem em suas testas? É o nome do Eterno e jamais a guarda do sábado como tem sido ensinado. E olhei, e eis que estava o Cordeiro sobre o monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que em suas testas tinham escrito o nome de seu Pai. Ap. 14: 1.
2.            Na vitória sobre o Egito o povo Israelita cantou o cântico de vitória, na vitória final sobre o pecado o povo Israelita irá cantar um cântico especial para todo o universo ouvir, somente quem faz parte dos 144.000 vai poder cantar este hino especialmente feito para esta ocasião tão solene dando inicio a era sem pecado no universo. E cantavam um como cântico novo diante do trono, e diante dos quatro animais e dos anciãos; e ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil que foram comprados da terra. Ap. 14: 3.
3.            O povo Israelita é o único grupo religioso que jamais abandonaram o Deus verdadeiro pelo falso, mas você poderá afirmar: Quanta vez Israel abandonou o culto a Deus pelos ídolos pagãos? Quem assim o procedeu foram eliminados do meio dos fieis, Deus não permite que a sua semente seja corrompida. Estes são os que não estão contaminados com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes são os que dentre os homens foram comprados como primícias para Deus e para o Cordeiro. Ap. 14: 4.
4.            Confronte o que as religiões pregam sobre adoração e sobre Deus com o que o povo Israelita sempre creu e verá que eles não proferem nenhuma palavra que venha ofender o nome do Eterno, e no meio das religiões Deus é uma fonte de riquezas e jamais de salvação, por isso é impossível um gentio fazer parte deste grupo porque já nascem de semente corrupta por natureza. E na sua boca não se achou engano; porque são irrepreensíveis diante do trono de Deus. Ap. 14: 5.


CONTINUANDO COM APOCALIPSE 21:

1.   As igrejas gentílicas que acreditam serem eles que vão fazer parte deste grupo dos 144.000, são igrejas que metem até sobre a data de fundação e sobre o motivo de suas origens, é impossível elas terem participação neste grupo, como pretendem os movimentos de reformas. ...e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. Ap. 21: 8.
2.   Quem vai habitar na cidade santa que desce do céu? Os gentios irá morar na face da terra e dentro desta cidade somente os 144.000 para governar com Cristo o universo sobre a nova ordem na terra. Porque doze em tudo? Doze é o número do reino de Deus. E tinha um grande e alto muro com doze portas, e nas portas doze anjos, e nomes escritos sobre elas, que são os nomes das doze tribos dos filhos de Israel. - E o muro da cidade tinha doze fundamentos, e neles os nomes dos doze apóstolos do Cordeiro. Ap. 21: 12,14.
3.    Estas pessoas não serão julgadas bem como os demais salvos, o próprio Cristo afirmou que suas ovelhas não são julgadas. O ser que falava com o profeta tinha uma vara de ouro e mediu a cidade em comprimento, largura e altura.  E aquele que falava comigo tinha uma cana de ouro, para medir a cidade, e as suas portas, e o seu muro. Ap. 21: 15.
4.  O comprimento e sua largura têm a mesma medida que é de doze mil estádios. Um estádio equivale a 180 metros, ou seja, o comprimento e a largura são de dois milhões, cento e sessenta metros e a altura é a mesma. Fica um questionamento: Porque Deus quer uma cidade com uma altura com uma proporção desta? A resposta virá a seguir. E a cidade estava situada em quadrado; e o seu comprimento era tanto como a sua largura. E mediu a cidade com a cana até doze mil estádios; e o seu comprimento, largura e altura eram iguais. Ap. 21: 16.
5.   O muro da cidade tem o comprimento de cento e quarenta e quatro côvados, ou seja, seis mil, quatrocentos e oitenta metros, surge um questionamento: Como colocar uma cidade com mais de dois milhões de comprimentos dentro do muro com apenas 6.480 metros? É impossível, a não ser que a cidade seja esmagada ao extremo, mesmo assim ficaria impossível colocar toda a ruína dentro dos muros. Então como resolver a questão? É só buscarmos a sabedoria do alto que fica fácil para esta equação. E mediu o seu muro, de cento e quarenta e quatro côvados, conforme a medida de homem, que é a de um anjo. Ap. 21: 17.
Se pegarmos 12.000 estádios e multiplicarmos por 12 tribos tem a resposta como colocar a cidade dentro dos muros, o resultado é: 144.000, por isso eu afirmei que na cidade vão morar apenas este grupo e os gentios na face da nova terra que Deus vai criar.
Tanta os moradores da nova terra bem como os moradores da cidade santa tem que viver abominando a mentira, a contaminação com falsas doutrinas e terem seus nomes escritos no livro da vida do Cordeiro.
Autor: Eurias R. Carneiro.

       

Nenhum comentário: