domingo, 18 de novembro de 2012

O QUE AGRADA O ETERNO?


O QUE AGRADA O ETERNO?

Fazer justiça e julgar com retidão é mais aceitável ao Senhor do que oferecer-lhe sacrifício. Provérbios - 21: 3 – O que será fazer justiça? É conceder direitos a quem de fato merece e jamais destituir quem deve ter seus direitos amparados para o dá a quem não têm direitos, isto nos reporta o que as religiões fazem e os juízes e legisladores que são extremamente injustos; como poderia os tais estar diante do Eterno se os mesmos praticam a injustiça? O que é julgar com retidão? É conceder a quem teve prejuízos materiais, morais e espirituais, fazer reparações e a quem o prejudicou punição quer seja restituição material, moral e espiritual. Isto nos reporta novamente as conjunturas institucionais religiosas que massacram as ovelhas por meio de seus líderes que comem suas peles e a deixam desnuda no frio da escuridão espiritual. Quando uma ovelha descobre que foi enganada e tenta alertar as outras, esta é morta espiritualmente e moralmente porque seus líderes não estão interessados no bem está espiritual, moral e material de suas ovelhas.
Conceder os direitos que as ovelhas têm é agradável a Deus. As ovelhas que estão submissas a alguma instituição religiosa com registros em cartórios jamais foram libertas de sua escravidão moral, espiritual e material; seus líderes pastores é quem determina o que elas devem ter, comer, beber, vestir e o que fazer com seus bens materiais. São escravas destes líderes e da ignorância espiritual.


Seguir a determinação destes líderes religiosos desagrada a Deus, Ele não quer sacrifício tais como: Comprometer a renda familiar para beneficiar o pastor ou qualquer religião, perder o emprego e deixar a família passar fome ou necessidade por causa do sábado e da instituição que faça parte, deixar de gozar a vida por que o líder controla sua vida. Tudo isto é sacrifício e Deus não quer sacrifícios.
Por isso, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, Mas corpo me preparaste; Hebreus 10: 5 - Cristo veio porque o Eterno não quer mais sacrifícios quer seja material ou físico e muito menos ofertas. É tão verdade que o Espírito Santo afirma que devemos contribuir conforme propôs nosso coração, não existe mais percentual ou obrigações como na velha aliança. Esta contribuição é financeira, física e material, mas como os pastores e líderes não conhecem a Palavra de Deus e muito menos o Autor desta Palavra ficam explorando e executando as ovelhas na forma física, moral, material e espiritual.
Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício, não condenaríeis os inocentes. Mateus 12: 7 – Se estes líderes malignos e as ovelhas soubessem qual o significado de está na presença de Deus, eles saberiam que Deus quer misericórdia e jamais sacrifícios, podem entrar em qualquer templo institucionalizado e registrado em cartórios e verás que os líderes incentivam sua membresia a se sacrificarem como se fosse isso que o Eterno quer. As ovelhas que não se submetem a tirania e exploração destes pastores e padres são condenados e expulsos das igrejas e proibido das ovelhas terem contatos com ela. Quem já sofreu na pele sabe perfeitamente que é a mais pura verdade que estou falando.
Portanto, ofereçamos sempre por ele a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome. Hebreus 13: 15 – Deus não quer sacrifícios físicos, não quer material ou financeiro, Ele quer apenas sacrifícios de louvor. O que é sacrifícios de louvor? É abrir seus lábios apenas para músicas que glorificam o Eterno Deus, é abrir seus lábios apenas para palavras que edificam, não mentir e não enganar com palavras. Realmente usar os lábios em honra a Deus no meio de pessoas que tem os honestos como otários e os desonestos como bons cidadãos é um verdadeiro sacrifício.
Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. Romanos 12: 1 – Estaria eu enganado quando afirmei que Deus não quer sacrifícios físicos? Não. Sacrifício físico é pegar dez por cento da renda ou alguma parte comprometendo o suor do rosto em detrimento do sustento da família. É fazer mutirões para construir templos que só serve para glorificação da instituição e do pastor, Deus não está presente nestes templos, Ele mesmo disse: Que casa edificará para mim, pois não habito em templos feitos por mãos humanas.
Apresentar nossos corpos como sacrifício vivo e agradável a Deus é oferecer nosso culto em louvor e adoração somente a Ele e jamais a santos, pastores, padres e quem quer que seja, este culto a Deus deve ser racional, ou seja, coerente e com sabedoria.
Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. João 8: 36 - Mas que diz a Escritura? Lança fora a escrava e seu filho, porque de modo algum o filho da escrava herdará com o filho da livre. De maneira que, irmãos, somos filhos, não da escrava, mas da livre.
Gálatas 4:30 – 31 - Busque a sabedoria do alto, enquanto você estiver sendo guiado pela sabedoria da teologia e por seus líderes você continuará sendo escravo, Cristo veio para que você seja liberto, se permitir que Ele te liberte será verdadeiramente livre, como escravo não poderá está com Ele na eternidade.

Enquanto você está se sacrificando para deixar os templos dos pastores e padres bonitos e a conta bancária deles gorda e suas sedes administrativas impecáveis, o teu coração e tua família ficam de alguma forma na penúria material e espiritual, esta imagem ilustra perfeitamente tua vida espiritual que vive para as organizações religiosas.





Você é o grande amor de Deus.
Autor: Eurias R. Carneiro
Neste blog você encontrará novos estudos -     http://abibliafontedeverdade.blogspot.com/






Nenhum comentário: