sábado, 2 de novembro de 2013

O DÍZIMO NA TUA IGREJA É BÍBLICO? II

O DÍZIMO NA TUA IGREJA É BÍBLICO?


Por décadas tenho presenciado líderes e pastores induzirem os membros a darem OFERTAS ALÇADAS além da entrega do dízimo. Esta atitude destes líderes e pastores tem sido honestas e embasada na Palavra de Deus?


Com certeza não! Eles tem sido desonestos e de forma intencional tem usado a verdade para mentirem e tirarem bastante proveito financeiros das ovelhas que não se importam de conhecerem o verdadeiro alimento espiritual que é a Palavra de Deus escrita e Viva.

Se as pessoas conhecessem ou procurassem indagar porque seus líderes estão mentindo e os enganando, não haveria tanto roubo espiritual e financeiro nas igrejas.
Porque roubo? Se Deus dá uma orientação sobre a questão financeira e o pastor e os líderes manipulam estas informações, eles estão roubando as ovelhas de forma intelectual, espiritual e financeira, o que a Palavra de Deus afirma que eles estão devorando a carne das ovelhas e cobrindo-se com suas lãs e as deixando nuas e necessitadas.

Também falarás aos levitas, e dir-lhes-ás:  - Porque transmitir estas informações somente aos levitas e jamais as demais 11 tribos? Simplesmente pelo fato que os Levitas, ou tribo de Levi, ser as únicas pessoas autorizadas pela lei do dízimo e por Deus a receberem e a cobrarem os dízimos das pessoas, isto implica que os pastores, diáconos e diaconisas não tem autorização do Eterno para receberem os dízimos por não serem levitas. As igrejas ensinam que devemos obedecer as Sagradas Escrituras, mas na prática a ovelha só pode obedecer as partes que convém a igreja e aos pastores, as outras partes lhes são negadas, sonegadas ou manipuladas. E os que dentre os filhos de Levi recebem o sacerdócio têm ordem, segundo a lei, de tomar o dízimo do povo, isto é, de seus irmãos, ainda que tenham saído dos lombos de Abraão. Hebreus 7: 5.

 Quando receberdes os dízimos dos filhos de Israel, que eu deles vos tenho dado por vossa herança, deles oferecereis uma oferta alçada ao Senhor, os dízimos dos dízimos. E contar-se-vos-á a vossa oferta alçada, como grão da eira, e como plenitude do lagar. Números 18:26
Do dízimo arrecadado o recebedor que neste caso são os Levitas, do dízimo deve ser tirado uma oferta alçada que corresponde a 10% do dízimo recebido, ou seja, é o dízimo do dízimo. Infelizmente os pastores e líderes das igrejas mentem, manipulam e enganam as pessoas que esta oferta alçada é uma oferta planejada pelo dízimista que deve dá além do dízimo com um percentual fixo, isto é mentira das igrejas. Na verdade a oferta alçada é um dízimo tirado do dízimo por quem recebeu o dízimo da ovelha. Porque estes líderes mentem e enganam as pessoas para tirarem proveitos financeiros. Aqui está a resposta: João 8: 44.
Assim também oferecereis ao Senhor uma oferta alçada de todos os vossos dízimos, que receberdes dos filhos de Israel, e deles dareis a oferta alçada do Senhor a Arão, o sacerdote.        
De todas as vossas dádivas oferecereis toda a oferta alçada do Senhor; de tudo o melhor deles, a sua santa parte.  - A oferta alçada que é uma porcentagem tirada do dízimo na mesma proporção que o contribuinte fez ao dizimar, esta oferta alçada é exclusivamente entregue ao Sumo Sacerdote para se manter com sua família e os sacerdotes e levitas não eram beneficiados com a oferta (dízimo) alçada. Nenhuma outra pessoa da tribo de Levi poderia ser beneficiada com o dízimo dos dízimos, a não ser o Sumo Sacerdote e seus descendestes. Engolem mais essa pastores.
E falou o Senhor a Moisés, dizendo: Também falarás aos levitas, e dir-lhes-ás: Quando receberdes os dízimos dos filhos de Israel, que eu deles vos tenho dado por vossa herança, deles oferecereis uma oferta alçada ao Senhor, os dízimos dos dízimos. E contar-se-vos-á a vossa oferta alçada, como grão da eira, e como plenitude do lagar. Assim também oferecereis ao Senhor uma oferta alçada de todos os vossos dízimos, que receberdes dos filhos de Israel, e deles dareis a oferta alçada do Senhor a Arão, o sacerdote. De todas as vossas dádivas oferecereis toda a oferta alçada do Senhor; de tudo o melhor deles, a sua santa parte. Núm. 18: 26 - 29.

Mas, o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta. Mat. 13: 23.
Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural; Tia. 1: 23.
Se, pois, há em ti entendimento, ouve isto; inclina os ouvidos ao som da minha palavra. Jó 34: 16.

Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida. Jo. 5: 24.


O filho sábio atende à instrução do pai; mas o escarnecedor não ouve a repreensão. Pro. 13: 1.

Qual será a tua escolha: Continuar dando ouvidos aos falsos pastores ou a Palavra de Deus?














Autor: Eurias R. Carneiro