domingo, 1 de dezembro de 2013

A TRINDADE É QUESTIONÁVEL EM APOCALÍPSE “22”?

A TRINDADE É QUESTIONÁVEL EM APOCALÍPSE “22”?

Sendo a trindade uma revelação ou manifestação de Deus como tem sido ensinada pela maioria dos cristãos, em contrapartida uma pequena minoria a tem negado, sendo assim, é importante sabermos se na eternidade haverá uma trindade divina, ou seja, três pessoas que são Deus ou deuses que reinará pela eternidade sem fim.
Se a trindade é bíblica com certeza ela vai reinar na eternidade, se Deus não é uma tríade não vai haver a trindade na eternidade, sendo assim, é porque esta doutrina nunca passou de uma fraude para serem apresentados três deuses embutido em um o que estaria contrariando os ensinamentos da Palavra de Deus.
Estudaremos apenas os textos referentes ao capítulo 22; no nosso tempo não existe a eternidade apenas o temporal, portanto não terá sustentabilidade por tempo indefinido se usarmos nosso tempo.
Se uma pessoa não concordar com os questionamentos ela está em seu direito, mas não podem esquecer que todo ser humano é mentiroso por natureza e a verdade só a encontramos em Deus e Sua Palavra escrita e Viva.
Na teologia é impossível encontrarmos a verdade, porque a mesma é o espírito da mentira que veio para substituir o Espírito da verdade que Cristo prometeu aos seus seguidores. Os que têm procurado sair das trevas da mentira por intermédio da teologia nunca alcançaram e jamais alcançarão a liberdade. E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniqüidade. II Tes. 2: 11 - 12.
Sendo assim o texto que estamos abordando confirmará a existência da trindade? Mas o que diz as Sagradas Escrituras que para ele e os demais cristãos é a última palavra decisiva?
Portando vamos buscar a resposta na única fonte confiável para averiguarmos se a teologia está realmente correta e sustentada pela verdade que verdadeiramente liberta.

1.               Onde ficará a sede mundial do novo governo de Deus, ou seja, novo porque não haverá mais nenhuma maldade em todo o universo, terá apenas dois tronos os quais estarão ocupados apenas por Deus o Pai e pelo Seu Filho o Cristo. Como podemos observar atentamente, destes dois tronos sai um rio de água da vida. E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. Apo. 22: 1.
Vamos identificar esta água que sai dos dois tronos:
a)              Esta água é a que sacia a sede espiritual enquanto estivermos no mundo de pecado e manterá os salvos na eternidade. Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna. Jo. 4: 14. / E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida. Apo. 22: 17.
b)              Esta água é o Espírito Santo o qual não terá trono para sentar e governar o universo limpo do mal. E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida. Apo. 22: 17. / Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. Jo. 7: 38. / O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. Jo. 14: 17.
2.              Todo o universo se apresentará diante dos tronos sob os quais terão duas pessoas sentadas para receberem todas as honras pela eternidade, não haverá três tronos para três pessoas que seriam os deuses para governarem e receberem as honras. E ali nunca mais haverá maldição contra alguém; e nela estará o trono de Deus e do Cordeiro, e os seus servos o servirão. Apo. 22: 3.
3.              Os salvos terão o prazer e a felicidade de contemplarem os rostos de Deus o Pai e de Seu Filho o Cristo, mas não verão o rosto do Espírito Santo sentado em um trono. Os nomes dos dois estarão escritos nas testas dos salvos, não será algo como se fosse uma tatuagem, e sim, significa que nada de resquício do mal haverá em suas mentes, apenas os nomes de Deus o Pai e de Cristo. E verão o seu rosto, e nas suas testas estará o seu nome. Apo. 22: 4.
4.               
5.              Neste capítulo o Espírito Santo é identificado apenas como sendo um anjo mensageiro que trouxe as mensagens do livro de Apocalipse como revelação aos seguidores do verdadeiro Deus. ...e o Senhor, o Deus dos santos profetas, enviou o seu anjo, para mostrar aos seus servos as coisas que em breve hão de acontecer. Apo. 22: 6. / Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, ...e pelo seu anjo as enviou, e as notificou a João seu servo. Apo. 1: 1. / Toda a Escritura é divinamente inspirada,... II Tim. 3: 16. / ...como agora tem sido revelado pelo Espírito aos seus santos apóstolos e profetas. Efé. 3: 5. / Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo. II Ped. 1: 21.
1.              Adorar a Deus é referente apenas a quem está sentado no trono, e a pessoa que é adorada é tão somente quem é identificado como sendo Deus, e este capítulo identifica o Pai como Deus e Cristo como estando sentado ao lado do Pai. Adora a Deus. Apo. 22: 9.
2.              É tão verdade que, quando o império do mal for destruído, o próprio Cristo irá sujeitar-se ao Pai para que o Pai seja o único Deus, embora o Pai tenha constituído o Filho como Deus e tem convidado os seres criados para adorá-Lo. Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda.
Depois virá o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força.
Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés.    
Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte.
Porque todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés. Mas, quando diz que todas as coisas lhe estão sujeitas, claro está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas.         
E, quando todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então também o mesmo Filho se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.
I Cor. 15: 23 - 28. / E outra vez, quando introduz no mundo o primogênito, diz:E todos os anjos de Deus o adorem. Heb. 1: 6.
3.              Cristo enquanto homem antes de Sua morte tinha um Deus que é Seu Pai e depois de Sua ressurreição e assunção ao céu continuou tendo um Deus que é Seu Pai e jamais reconheceu o Espírito Santo como Deus dEle ou do ser humano e o mais interessante é que o Pai nunca teve e jamais terá um Deus. Mas, do Filho, diz: Ó Deus (CRISTO), o teu trono (NA ETERNIDADE) subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino. Heb. 1: 8. / ...por isso Deus (CRISTO), o teu Deus (PAI DE CRISTO), te ungiu Com óleo (ESPÍRITO SANTO) de alegria mais do que a teus companheiros. Heb. 1: 9. /
4.              Neste texto, Cristo afirma que o Pai é único Deus dEle e do ser humano e não incluiu o Espírito Santo sendo participante da Divindade o que foi confirmado no capítulo de Apocalipse que estamos estudando. E a vida (SALVAÇÃO) eterna é esta: que te conheçam, a ti só (O PAI), por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste. Jo. 17: 3.
5.              O Espírito Santo convida e a igreja de Deus também; as pessoas que tem sede da graça de Deus para saciarem sua sede totalmente de graça, ou seja, sem praticarem nenhuma obra que venha a ter como justa. Mas não há convite para adorar o Espírito Santo, somente para quem está sentado nos tronos. E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida. Apo. 22: 17.
6.              Os leitores deste livro se fizerem algum acréscimo seu destino será o inferno, e se tirar alguma coisa terá o mesmo destino. Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele às pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.  Apo. 22: 18 - 19.
7.              Temos que aceitar, crer e defender o que está escrito. Neste capítulo temos identificação de três seres especiais:
§     O Pai sentado no trono e sendo convidado para adorá-LO.
§     O Filho sentado no trono e sendo convidado para adorá-LO.
§     O Espírito Santo identificado apenas como um anjo, inspirador, água que sacia a sede, óleo da unção, anfitrião e jamais como Deus do ser humano ou de Cristo.
No término irretorquível da Bíblia o Espírito Santo não é identificado como sendo Deus.
Autor: Eurias R. Carneiro.