segunda-feira, 24 de março de 2014

A DIVINDADE DE CRISTO E DE SATANÁS SÃO IGUAIS?



A DIVINDADE DE CRISTO E DE SATANÁS SÃO IGUAIS?
ANÁLISE DA DOUTRINATESTEMUNHA DE JEOVÁ


Para ser entendida esta questão sem deixar nenhuma dúvida, é necessário que façamos uma analogia sobre a questão.
Eu estaria conversando com um de vocês leitores e faço a seguinte afirmação: O “X” é meu grande amigo.
Você para contestar minha afirmação ou para insinuar que o “X” não é um bom amigo como eu pensava e cria, você faz a seguinte afirmação: Os vagabundos também são teus melhores amigos.
Para quem tem um mínimo de inteligência foi o mais que suficiente para entender que você quis fazer a seguinte afirmação: Entre teu amigo “X” e os vagabundos não tem nenhuma diferença porque os mesmos têm caráter, personalidade, moral e ética iguais. Tanto faz ser amigo do “X” bem como de um vagabundo que dá no mesmo.
Vamos entrar em detalhes sobre a questão entre Cristo e Satanás.
No livro “PODERÁ VIVER PARA SEMPRE NO PARAÍSO NA TERRA”, as Testemunhas de Jeová fizeram a seguinte afirmação comparando a divindade, moral, caráter e ética de Cristo igual à de Satanás simplesmente com a intenção de tentarem provar que Cristo não é Deus e de rejeitarem Sua divindade. Chegaram ao ponto de igualar a divindade de Cristo com a do Demônio.
Pg. 40: Mas, não é Jesus chamado de deus na Bíblia? Poderá perguntar alguém. Isto é verdade. Contudo, Satanás também é chamado de deus. II Cor. 4: 4.



Em outras palavras: A divindade de Cristo e de Satanás é igual para as Testemunhas de Jeová e entre os dois não há nenhuma diferença no ser divino, portanto, Cristo e Satanás são dois seres divinos de caráter, moral, ética e personalidade iguais.
A pessoa ou a religião que é usada por Deus, jamais, em hipótese alguma fará uma comparação maligna dessa entre Cristo e Satanás. Somente os que têm em verdade o Espírito Santo e a presença de Deus é que afirmam ser a divindade, moral, caráter, ética e personalidade de Cristo totalmente diferente da do Demônio. Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo. I Coríntios 12: 3.
A organização das Testemunhas de Jeová com esta afirmação mostrou e provou que é usado pelo mesmo espírito que usou os fariseus para malignizar o trabalho de Cristo. Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam: Este não expulsa os demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios. Mateus 12: 24.
Tem como acreditar que esta organização é obra de Deus?
Eu não creio.
É impossível uma religião ser usada por Deus desqualificar o Salvador a tal ponto de igualá-Lo a o chefe dos demônios.
Porventura, agora sou vosso inimigo por revelar a verdade sobre a organização?
Aguardem novas revelações.
Autor: Eurias R. Carneiro


  

5 comentários:

Unknown disse...

Meu nome é José Ferreira Batista, fui apenas um estudante entre as Test. de Jeová. Depois que descobri inúmeras discrepâncias em suas doutrinas, abandonei de vez os estudos. Outro dia eu discuti com uma TJ sobre a seguinte questão: Jesus poderia fracassar, quando esteve aqui na terra? Ele dizia que sim, pois o anjo de Deus (hoje satanás) também fracassou. O que dizer então da passagem que fala que o Cordeira foi morto desce a fundação do mundo? Isso não prova antecipadamente a sua vitória? Simplesmente ficou sem argumento! No entanto, Jesus já veio designado para ser um Vitorioso, como fala inúmeras profecias a esse respeito. Se Jesus fracassasse, automaticamente Jeová seria mentiroso, também fracassaria!

AS VERDADES BIBLICAS E OS TEÓLOGOS disse...

Concordo contigo, José. Abraço e obrigado por ter comentado.

Elves Ribeiro disse...

Entendo que quando os Tjs dizem que a bíblia em 2 Coríntios 4:4, chama também satanás de deus, não estão comparando as credenciais de Jesus com satanás.
Apenas, dizendo que o fato de alguém ser chamado de deus, não significa que tal seja O Deus todo poderoso; restringe-se só a isso.
O resto fica por conta dos que fazem mal a interpretação ou de propósito para incriminar os Tjs seja lá por qual interesses ou motivos.
Até por que a palavra deus na nossa língua pode ser aplicado a alguém de poder ou destaque, como é o caso de Jesus e satanás ( ambos são pessoas poderosas ), portanto chamados de deus, sem que seja aquele que verdadeiramente aplica-se tal título.

Elves Ribeiro disse...

Entendo que quando os Tjs dizem que a bíblia em 2 Coríntios 4:4, chama também satanás de deus, não estão comparando as credenciais de Jesus com satanás.
Apenas, dizendo que o fato de alguém ser chamado de deus, não significa que tal seja O Deus todo poderoso; restringe-se só a isso.
O resto fica por conta dos que fazem mal a interpretação ou de propósito para incriminar os Tjs seja lá por qual interesses ou motivos.
Até por que a palavra deus na nossa língua pode ser aplicado a alguém de poder ou destaque, como é o caso de Jesus e satanás ( ambos são pessoas poderosas ), portanto chamados de deus, sem que seja aquele que verdadeiramente aplica-se tal título.

CARNEIRO disse...



Se você ler o texto de 2 Coríntios 4:4 o mesmo não está chamando Satanás de deus, o texto está literalmente afirmando que Satanás é o deus deste mundo.
Ele é deus deste mundo por um tempo determinado por escolha humana e não do Eterno, foi o homem quem constituiu a Satanás como deus.
A tua explicação não colou amigo.