sábado, 21 de junho de 2014

O DÍZIMO NA TUA IGREJA É BÍBLICO? VIII

O DÍZIMO NA TUA IGREJA É BÍBLICO? VIII

Como tem sido manipulado e desvirtuado a verdade bíblica do dízimo, vamos analisar no livro de Malaquias sem inserir a maldita teologia que tem sido usada para substituir o Espírito Santo, outro detalhe, a verdade de Deus a conhecemos e entendemos é pela exegese ou por intermédio do Espírito Santo?

Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir. João 16: 13.
Esta análise será por meio dos versículos citados nos púlpitos pelos pastores, líderes e liderados e usaremos outros para dar sustentabilidade a VERDADE ocultado pelas igrejas.
Não vá na onda que muitos estão espalhando que estou contra esta ou aquela igreja, ou que estou contra o dízimo. Estou apenas mostrando o que as igrejas ocultam sobre o verdadeiro dízimo bíblico.
Qualquer ser humano pode ter a ilusão de poder roubar a Deus, porém lhe é permitido o fazer porque nenhum ser humano é obrigado a obedecer a Deus, temos a opção de sermos obediente ou não. Nesta questão é abordado diretamente sobre a questão das ofertas e dízimos. Ofertar é conforme a condição financeira da pessoa e o dizimar é sobre a renda lucrada o que diferencia entre o dízimo e a oferta.
Porque Deus chama de ladrões toda a nação Israelita já que na sua história eles sempre foram dizimistas?

Eles estavam apresentando ofertas com defeitos “Pois seja MALDITO O ENGANADOR que, tendo macho no seu rebanho, promete e oferece ao Senhor O QUE TEM MÁCULA; porque eu sou grande Rei, diz o Senhor dos Exércitos, o meu nome é temível entre os gentios. Malaquias 1: 14”, semelhantemente eles não estavam usando o dízimo da forma correta estabelecida na lei do dízimo bem como as igrejas hodiernas que é para o sustento dos SACERDOTES, VIÚVAS, ÓRFÃOS, ESTRANGEIROS, LEVITAS; embora estavam dizimando conforme o percentual correto.  Foram chamados de ladrões não era pelo fato de não está pagando os dízimos ou ofertando, mas por terem abandonado ou desvirtuado o destino do mesmo, semelhantemente as religiões o estão agindo da mesma forma nos dias hodiernos.  Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. Mal. 3: 8
Interessante é que os dizimistas não prosperam, as vezes unzinho aqui em meio aos milhões, as igrejas são assaltadas e roubadas a noite e para não o ser colocam câmaras e até mesmo vigias, o dizimista vai para a igreja e quando volta sua casa foi arrombada e roubada. Onde está a bênção tão prometida pelos pastores se você pagar o dízimo você é alcançará? Em outros casos os dizimistas perdem o emprego e o não dizimista continua no emprego e ainda prospera. O problema está no dízimo ou em Deus? Com certeza não está no dízimo e muito menos em Deus, e sim, nas religiões que estão roubando a Deus e os dizimista por não aceitarem os princípios estabelecidos por Deus na lei do dízimo. Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação. Mal. 3: 9
As pessoa pagam o dízimo na igreja e os mesmos vão para as missões ou sede das igrejas onde ficam os presidentes. Está errado porque nestes locais não é a casa do tesouro. A casa do tesouro fica onde é pago o dízimo, portando as sedes das igrejas também estão roubando a Deus. Por isso não há bênçãos sobre os dizimistas e isto pratica em todas as religiões, salvo algumas excessões.

Se não há bênçãos sobre estes dizimistas é porque tem algo de errado e como os pastores só querem é saber do dinheiro eles não mostram a verdade do dízimo e do ofertar. Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. Mal. 3: 10
Como o dízimo é para ser feito a manutenção da casa de Deus, ou seja, se não está sendo feito, a igreja está roubando a Deus e os membros sendo coniventes, portanto estão debaixo da mesma maldição.
O que vem a ser realmente a casa de Deus?
A casa de Deus é onde Ele habita, Deus não habita nestes prédios que é chamado de igreja ou casa de Deus - E Salomão lhe edificou casa; Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta: O céu é o meu trono, e a terra o estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? Diz o Senhor, ou qual é o lugar do meu repouso? Atos 7: 47 - 49.
A verdadeira casa de Deus na nova aliança é esta: Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. II Cor. 5: Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo. I Cor. 3: 17.

O devorador não está sendo repreendido, pois as igrejas estão sendo arrombadas e roubadas, são instaladas câmeras de segurança, muitos membros vão à igreja e quando voltam suas casas foram roubadas, seus carros, motos e bicicletas estão sendo roubados ou tomados de assaltos embora ele sejam dizimistas, até pastores estão nesta situação. E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos. Mal. 3: 11
Agora surge o maior problema, como podem tais pessoas ensinarem que se os outros forem dizimistas serão abençoados se eles estão debaixo de maldição? Não prosperam por causa do dízimo, as histórias contadas sobre prosperidades são de pessoas de lugares longíguos, da própria comunidade não há testemunhos de prosperidades, já alguns no púlpito da igreja contando vantagens de prosperidades por ser dizimistas mas quem os conhece sabe que estão mentindo. E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o Senhor dos Exércitos. Ma. 3: 8 - 12.
Outros dizem com já presenciei: Irmãos, devolver o dízimo não é para ser abençoado, mas devolvemos o dízimo da bênção que foi recebida. Então pergunto: Deus mente e engana a pessoa quando diz?: ... se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. Mal. 3:10. Para estas pessoas com certeza sim.
Uma pessoa para se justificar me disse: O dizimista e a igreja são roubados é porque a violência está muito grande.
Neste caso se ela estiver correta teremos que admitir que a violência tem mais poder que Deus.
Hoje em dia as igrejas e os pastores estão roubando a Deus por não aceitarem os princípios que Deus estabeleceu sobre o ato de dizimar, bem como os dizimistas e ofertantes. O mais interessante é que os pastores se ofendem quando estas palavras são dirigidas a eles, mas eles não se sentem ofendidos quando eles mesmos chamam de ladrões os não dizimistas e os aleatórios.
Conheçam os princípios sobre o dízimo que os pastores não aceitam simplesmente porque só creem na parte da Bíblia que lhes interessa:
1)  O DÍZIMO NA TUA IGREJA É BÍBLICO? I - http://abibliafontedeverdade.blogspot.com.br/2013/10/o-dizimo-na-tua-igreja-e-biblico-i.html
2)  O DÍZIMO NA TUA IGREJA É BÍBLICO? II - http://abibliafontedeverdade.blogspot.com.br/2013/11/ii-o-dizimo-na-tua-igreja-e-biblico.html
Quem afirma que Deus separou o dízimo apenas para a pregação do evangelho está mentindo. Pastores não pregam o evangelho, salvo em alguns casos, também não estou afirmando que todos não trabalham, pessoalmente conheço pastores que dão sua vida pelo ministério e são dignos de seus salários, mas a grande maioria ficam apenas de prédio (igreja) em prédio mostrando seus conhecimentos teológicos, quem na verdade está pregando são os membros da igreja que andam no sol ou debaixo de chuva de casa em casa, a grande maioria dos pastores vão apenas dá banho nas pessoas e quando muito fazem show de prêmios e de supostas curas e milagres afirmando ser evangelismo e outros realizam evangelismo e batismos verdadeiros.

Autor: Eurias R. Carneiro





Nenhum comentário: