quinta-feira, 12 de junho de 2014

12 FALSAS PROFECIAS DA NOSSA SENHORA ADVENTISTA DE TODOS OS SONHOS


12 FALSAS PROFECIAS DA NOSSA SENHORA ADVENTISTA DE TODOS OS SONHOS

 

 "Estimado irmão Ennis Meier

Não há dúvidas de que a lição da Escola Sabatina deste trimestre (jan/fev/mar/2009) tem sido útil em nos incentivar a pesquisar mais a fundo os assuntos por ela abordados. Visitando o próprio site do White State, descobre-se muitas coisas. Uma delas é sobre as profecias de Ellen White que não tiveram cumprimento.

Envio-lhe mais essa pesquisa como contribuição para o seu site.



12  Profecias de Ellen White que não se cumpriram

Para quem está estudando a lição da Escola Sabatina deste trimestre, transparecerá a idéia de que Ellen White fez uma ou duas profecias que não se cumpriram porque eram condicionais. (Observe isso na página 71 da Lição do Professor). A realidade, porém é outra. Foram mais de dez.

Porém, é necessário fazer uma análise mais ampla do que é considerado profecia nos escritos de Ellen White.

Um profeta algumas vezes faz afirmações com relação ao futuro que encontram cumprimento em seu tempo ou após sua morte. Via de regra, esta é uma das principais indicações do caráter divino da obra de um profeta. Também é verdade que existem profecias condicionais. Mas essa análise deve ser feita com sabedoria.

1.  Ellen G. White predisse que a Inglaterra declararia guerra contra os Estados Unidos. Sua profecia com relação a Inglaterra dizia respeito à Guerra Civil americana e não se cumpriu. (Testemunhos para a Igreja, vol. 1, p. 259).

2.  Ellen G. White predisse que Jerusalém jamais seria reconstruída. A cidade de Jerusalém foi reconstruída e Israel voltou a existir como país. (Primeiros Escritos, p. 75).

3.  Ellen G. White, baseando-se equivocadamente em outros autores, predisse que a Turquia deixaria de existir. A Turquia continua a existir e atualmente não parece haver possibilidades de que venha a deixar de ser um país tão cedo. (Ver Josiah Litch, "The Rise and Progress of Adventism," The Advent Shield and Review, maio de 1844, p. 92, citado em Seventh-day Adventist Bible Students' Source Book, p. 513). (Ver The Seventh-day Adventist Encyclopedia , vol. 11, pp. 51 e 52).

4.  Ellen G. White profetizou que alguns que estavam vivos em 1856 estariam vivos por ocasião do retorno de Cristo. (O Testemunho de Jesus, p. 108). Ela se referia a pessoas que estavam presentes em uma reunião da Igreja Adventista e por já haverem morrido todos, essa profecia também não se cumpriu.

5.  Ellen G. White afirmou em 1850 que Cristo retornaria em poucos meses. (Primeiros Escritos 58, 64, 67).

6.  Ellen G. White afirmou que a Guerra Civil Americana era um sinal de que Cristo iria logo retornar. (Testimonies For The Church, T.1:260). A Guerra Civil americana terminou em 1865.

7.  Ellen G. White profetizou que Cristo voltaria antes da escravidão ser abolida. (Early Writings, pp 35).

8.  Ellen G. White profetizou que a escravidão seria restabelecida nos estados do sul dos Estados Unidos. (Spalding, Magan Collection, page 21 et 2 MR #153, page 300). O contexto da sua declaração era também por ocasião da Guerra civil Americana e essa profecia não se cumpriu. Talvez possa se cumprir no futuro.

9.  Ellen G. White profetizou que a “Terra será logo despovoada" se Jesus demorar a voltar. (Testimony" #8, p.94, in Spiritual Gifts III-IV - Battle Creek: Steam Press, 1864). A despeito de tantas guerras, fomes e epidemias, o que vemos é que a Terra está cada vez mais povoada a medida que o tempo passa.

10.  Ellen White predisse que os senhores dos escravos dos seus dias experimentariam as sete últimas pragas descritas no livro do Apocalipse. (Early Writings, p. 276). Todos os senhores dos escravos de seu tempo já estão mortos.

11.  Ellen G. White profetizou que estaria viva quando Jesus regressasse. (Early Writings, pp. 15-16).
Às vezes Sra. White fazia predições específicas que envolviam certas pessoas. Uma delas foi o pioneiro adventista Moses Hull. Em 1862 Hull estava no processo de perder sua fé no adventismo. Parece que o casal White desistiu de argumentar com ele e agora Ellen G. White recorre ao apelo de profetizar sobre o terrível futuro que o aguardava se ele saísse do povo do advento: “Se você procede do modo que você começou, miséria e aflição estão diante de você. A mão de Deus o prenderá até o ponto em que você não poderá vestir-se. A ira dele não dormirá. Testemunhos, Vol. 1, pp. 430-431. Isto nunca aconteceu. Apesar das advertências da sra. White, ele abandonou o adventismo e procedeu “como ele tinha começado”. E é um fato que o "sr. Hull se manteve bem por muitos longos anos até uma idade avançada e nada do que foi predito aconteceu". (D.M. Canright, Life of E.G. White, cap. 15).

12.  Ellen G. White afirmou que a “a enfermidade” do irmão C. Carlstedt “não era para morte, mas para a glória de Deus”. (C. Carlstedt estava gravemente enfermo de febre tifóide e parecia que não viveria muito tempo mais). Ele morreu dois dias depois. (Charles Lee, Three Important Questions for Seventh-Day Adventists to Consider).

13.  Embora tenha predito a destruição de São Francisco, ela não fez nenhuma menção de terremoto e incêndio como possíveis causas. Na mesma profecia ela incluiu a cidade de Oakland que praticamente não foi atingida. (Ms 30, 1903). Mais tarde ela escreveu sobre Oakland: “São Francisco foi visitada com duros juizos, mas Oakland foi misericordiosamente preservada.” (Manuscrito 25; Ev. 296).

No site do White State (ellengwhite.org), bem como no do Centro White do Brasil (centrowhite.org.br) há uma tentativa de explicar porque algumas destas profecias não se cumpriram.

Irmão John Clophas - SC - Brasil"


Fonte: http://www.adventistas.ws/profecias8.htm







VINHO E BEBIDA FORTE – PODEMOS BEBER?


É ISSO MESMO QUE A BÍBLIA ENSINA OU A PESSOA FOI TENDENCIOSA?

Há a idéia de que beber vinho ou bebida forte é pecado e que um servo de Deus jamais deve colocar tais bebidas em suas bocas.
As Escrituras Sagradas tem alguma orientação se podemos ou não beber vinho ou bebida forte? Ela condena o ato de beber ou apenas o exagero (alcoolismo)?



Para poder expressar a bênção profética sobre seu filho primogênito, Jacó comeu carne vermelha e bebeu vinho, se formos concordar com os tais religiosos que se auto intitulam de temperantes, Jacó usou dois meios ilícitos e intemperante para abençoar seus filhos: CARNE E VINHO. Então lhe disse: "Meu filho, traga-me da sua CAÇA PARA QUE EU COMA e o abençoe". Jacó a trouxe, e seu pai comeu; também TROUXE VINHO, E ELE BEBEU. Gn. 27: 25.
A chuva que rega a terra é bênção de Deus, os cereais que brotam da terra é bênção de Deus e o vinho produzido pelas parreiras é bênção de Deus. Há pessoas que afirmam que estas afirmações são referentes a suco de uva, mas não é verdade. Que Deus lhe conceda do céu o orvalho e da terra a riqueza, com muito cereal e MUITO VINHO. Gn. 27: 28.


O vinho era uma bebida social e diária aos pagãos bem como aos servos de Deus. Isaque respondeu a Esaú: "Eu o constituí senhor sobre você, e a todos os seus parentes tornei servos dele; a ele supri de CEREAL E DE VINHO. Que é que eu poderia fazer por você, meu filho?" Gn. 27: 37.
O vinho também era usado nos rituais do santuário. Com o primeiro cordeiro ofereça um jarro da melhor farinha misturada com um litro de azeite de olivas batidas, e um litro de VINHO COMO OFERTA DERRAMADA. Ex. 29: 40.
Deus proibiu os sacerdotes e sumo sacerdotes beberem vinho ou bebida fermentada apenas antes de entrarem para oficiarem no santuário para que eles não fizessem besteiras e assim fossem mortos, se não fossem oficializar no santuário eles poderiam beber vinho e bebidas fortes. Bebidas fermentadas são o que chamamos hoje de “DESTILADAVocê e seus filhos não devem BEBER VINHO NEM OUTRA BEBIDA FERMENTADA antes de entrar na Tenda do Encontro, senão vocês morrerão”. É um decreto perpétuo para as suas gerações. Lv. 10: 9.
As pessoas de ambos os sexos que fizessem o voto de nazireado lhes era vetado beber as seguintes bebidas e comer certos alimentos:
a)              Vinho.
b)              Bebidas fermentas “DESTILADAS”.
c)              Vinagre feito de vinho ou de qualquer tipo de fermentação “DESTILAÇÃO”.
d)              Suco de uva.
e)              Comer uvas passas.
f)                Nada produzido pela videira nem mesmo às sementes, as cascas bem como o azeite produzido dos olivais.
Os que advogam que ao referir-se a vinho, a Bíblia o faz em referência ao suco de uva estão enganados ou agem de má fé, neste texto é proibido ao nazireu beber e comer: VINHO, SUCO DE UVA E BEBIDAS FERMENTAS, UVAS PASSAS, SEMENTES DE UVAS, CASCAS DE UVAS E AZEITE PRODUZIDOS POR UVAS. É questão de serem honestos os supostos temperantes que estão baseando suas doutrinas no livro da mentira, se usássemos de má fé como os discípulos da mentira usaríamos apenas uma parte do texto para condenar o uso de vinho e esconderíamos a parte que fala sobre: UVAS PASSAS, AZEITE, SEMENTE E AS CASCAS.


“Diga o seguinte aos israelitas”: Se um homem ou uma mulher fizer um voto especial, um voto de separação para o SENHOR como nazireu, terá que SE ABSTER DE VINHO e de OUTRAS BEBIDAS FERMENTADAS e não poderá BEBER VINAGRE FEITO DE VINHO ou de outra BEBIDA FERMENTADA. Não PODERÁ BEBER SUCO DE UVA nem COMER UVAS NEM PASSAS. Enquanto for nazireu, não poderá COMER NADA QUE VENHA DA VIDEIRA, nem MESMO AS SEMENTES ou AS CASCAS. Nm. 6: 2 – 4.
Depois que cumprisse o tempo do voto de nazireado, o votante após cumprir o ritual ele está liberado para beber vinho. O sacerdote os moverá perante o SENHOR como gesto ritual de apresentação; são santos e pertencem ao sacerdote, bem como o peito que foi movido e a coxa. Depois disso o nazireu PODERÁ BEBER VINHO. Nm. 6: 20.
Para os cuidadores do santuário, Deus deu para eles o melhor do azeite, o melhor do vinho, o melhor do trigo e dos demais frutos produzidos pelos agricultores Israelitas. “Dou a você o melhor azeite e O MELHOR VINHO NOVO e o melhor trigo que eles apresentarem ao SENHOR como primeiros frutos da colheita”. Nm. 18: 12.
Deus prometeu abençoar o povo com toda sorte de bênçãos, incluindo com vinho novo. Ele os amará, os abençoará e fará com que vocês se multipliquem. Ele abençoará os seus filhos e os frutos da sua terra: o cereal, O VINHO NOVO e o azeite, as crias das vacas e das ovelhas, na terra que aos seus antepassados jurou dar a vocês. Dt. 7: 13.


Deus autorizou seus servos comprarem vinho e bebidas fermentadas e carnes vermelhas para as pessoas fazerem o que chamamos hoje de churrasco, mas sem esquecer-se de fazerem tudo isso se alegrando em Deus para que Ele seja honrado e glorificado. Com prata comprem o que quiserem: bois, ovelhas, VINHO OU OUTRA BEBIDA FERMENTADA, ou qualquer outra coisa que desejarem. Então juntamente com suas famílias comam e alegrem-se ali, na presença do SENHOR, o seu Deus. Dt. 14: 26.
Era costume das pessoas servos de Deus fazerem churrasco com vinho. Certo dia, quando os filhos e as filhas de Jó ESTAVAM NUM BANQUETE, comendo e BEBENDO VINHO na casa do irmão mais velho. Jó 1: 13.
Devemos honrar a Deus com os primeiros frutos, desta forma não faltará comida na mesa e vinho. Honre o SENHOR com todos os seus recursos e com os primeiros frutos de todas as suas plantações; os seus celeiros ficarão plenamente cheios, e os SEUS BARRIS TRANSBORDARÃO DE VINHO. Pv. 3: 9,10.
Há problemas relacionados ao vinho e bebida forte, não é exatamente no fato da pessoa beber, e sim, beber para ficar embriagado de onde poderá vir brigas ou desavenças. Não é pecado beber vinho ou bebida fermentada, o pecado é deixar ser dominado pela bebida ou exagerar no uso. O VINHO É ZOMBADOR e a BEBIDA FERMENTADA provoca brigas; não é sábio deixar-se dominar por eles. Pv. 20: 1.
As pessoas que se deixam dominar pelas bebidas terão grandes problemas, quando não é financeiro é conjugal ou social. Não podemos nos entregar aos prazeres e ao domínio de bebidas. Se for pecado beber vinho também é pecado beber azeito. Quem se entrega aos prazeres passará necessidade; quem se APEGA AO VINHO e AO AZEITE jamais será rico. Pv. 21: 17.


O conselho bíblico é que não devemos está associado aos beberrões e com os glutões que são as pessoas que não tem limites no que fazem para não corrermos o risco de nos tornar semelhantes a eles, isto não quer dizer se uma pessoa nos convidar para um churrasco não podemos ir, pessoalmente eu vou, mas tenho limite no que eu como ou bebo. NÃO ANDE COM OS QUE SE ENCHARCAM DE VINHO, NEM COM OS QUE SE EMPANTURRAM DE CARNE. Pv. 23: 20.


Muitas pessoas no zelo cego ao condenarem o vinho e as bebidas fortes a tem como sendo a causadora de muitas desgraças, mas na verdade o problema não está na bebida, e sim na forma de muitas pessoas se relacionarem com ela; é tão verdade que muitas pessoas morrem por não saberem se relacionarem com a comida e nada há de errado com a comida, mas a forma como a pessoa se relaciona com ela é que o leva a doenças graves e a morte prematura. Da mesma forma é com as bebidas fortes, uma grande parte da população não sabem se relacionar com elas e no exagero ficam embriagados e desta forma é que vêm os problemas que podem levar a morte e a matar. Se a pessoa a usar de forma moderada nada acontecerá de mau como temos observado nos textos anteriores e nos que ainda serão analisados. Terá sim benefícios a saúde. De quem são os ais? De quem as tristezas? E as brigas, de quem são? E os ferimentos desnecessários? De quem são os olhos vermelhos? Dos que se DEMORAM  BEBENDO VINHO, dos que andam à procura de BEBIDA MISTURADA. Não se DEIXE ATRAIR PELO VINHO quando está vermelho, quando cintila no copo e escorre suavemente! No fim, ele morde como serpente e envenena como víbora. Seus olhos verão coisas estranhas, e sua mente imaginará coisas distorcidas. Pv. 23: 29 – 30.
As pessoas que estão em estado terminais à bebida forte aliviam suas dores e as pessoas que estão angustiadas também a bebida forte é um bom alento, caso a mesma fosse prejudicial ao físico e ao espírito não haveria o conselho nas Sagradas Escrituras para fazê-lo. BEBIDA FERMENTADA aos que estão prestes a morrer, VINHO AOS QUE ESTÃO ANGUSTIADOS. Pv. 31 :6.


Deus autoriza as pessoas que O agradaram a usufruírem de seus trabalhos comemorando com comidas o que hoje é o conhecido churrasco, banquete ou junta panela regado a vinho, desde que não haja bebedeiras, ou seja, que não bebam para se embriagarem. Portanto, vá, coma com prazer a sua comida e BEBA O SEU VINHO DE CORAÇÃO ALEGRE, pois Deus já se agradou do que você faz. Ec. 9: 7.
O banquete e o vinho alegram a vida e reúne os amigos, mas a pessoa tem que ter consciência de que tudo isso tem um custo e ela deve ter o bom senso que só deve ser realizado se tiver condições financeiras sem comprometer a renda familiar. O banquete é feito para divertir, e o VINHO TORNA A VIDA ALEGRE, mas isso tudo se paga com dinheiro. Ec. 10: 19.
Os problemas são para as pessoas que se embriagam e jamais para quem bebe com moderação, são para os que passam o dia bebendo e não dão ouvidos a voz de Deus. Ai dos que se levantam CEDO PARA EMBEBEDAR-SE, e se ESQUENTAM COM O VINHO ATÉ A NOITE! Harpas, liras, tamborins, flautas e VINHO HÁ EM SUAS FESTAS, mas não se IMPORTAM COM OS ATOS DO SENHOR, nem atentam para OBRA QUE AS SUAS MÃOS REALIZAM. Ai dos que SÃO CAMPEÕES EM BEBER VINHO e mestres em MISTURAR BEBIDAS. Is. 5: 11,12,22.
Para o líder espiritual Deus nunca proibiu o mesmo beber vinho, era proibido apenas no dia de ministrar suas atividades no santuário (templo). Nenhum sacerdote BEBERÁ VINHO quando entrar no pátio interno. Ez. 44: 21.
As pessoas com falta de conhecimento bíblico usam este texto para afirmarem que Daniel era vegetariano e não bebia vinho, mas não é verdade. O texto apenas afirma que Daniel e seus companheiros não quiseram comer das iguarias do rei e beber o vinho, pois estes alimentos eram dedicados primeiro aos deuses e depois liberado para comer. Daniel e seus companheiros nunca foram vegetarianos e nunca recusaram uma taça de vinho, quem afirmar ao contrário são os filhos da mentira. No texto que se segui estão as provas destas afirmações. Assim o encarregado TIROU A COMIDA ESPECIAL E O VINHO que haviam sido designados e em lugar disso lhes dava vegetais. Dn. 1: 16.
Em uma ocasião especial, Daniel ficou três semanas sem alimentar-se com COMIDAS SABOROSAS, sem COMER CARNE VERMELHA e sem BEBER VINHO, este texto prova que Daniel alem de não ser VEGETARIANO ELE BEBIA VINHO e nem perfumes ele usou neste período, na questão do capitulo 1 é que os alimentos e o vinho antes de serem servidos recebiam as bênçãos dos deuses. Por isso afirmo sem medo de errar: Somente os espíritos mentirosos afirmam que Daniel era vegetariano e que não bebia vinho. Naquela ocasião eu, Daniel, passei três semanas chorando. Não COMI NADA SABOROSO; CARNE E VINHO NEM PROVEI; e não usei nenhuma ESSÊNCIA AROMÁTICA, até se passarem as três semanas. Dn. 10: 3.
Há beleza no comer do próprio trabalho e há formosura no ato de beber o vinho da forma correta. Ah! Como serão belos! Como serão formosos! O trigo dará vigor aos rapazes, e o VINHO NOVO às moças. Zc. 9: 17.
Para quem não crer nas Sagradas Escrituras e que aceita e crer somente nos textos que lhes interessa, é perca de tempo mostrar esta verdade que eles mesmos negam por não conhecerem a Deus e Sua Palavra. Da mesma forma aconteceu na época que Cristo esteve na terra como homem. João não comia carne e nem bebia vinho e as pessoas afirmavam que ele estava possuído por demônios, vem Cristo comendo CARNE E BEBENDO VINHO e as mesmas pessoas passaram a afirmarem que Ele não passava de UM GLUTÃO FESTEIRO, ÁLCOOLATRA e amigo de que NÃO PRESTA. Deus não condena o fato de a pessoa beber vinho ou bebida forte, e sim o alcoolismo, mas as pessoas que não aceitam as ordenanças de Deus sempre terão uma desculpa para não darem crédito a Palavra de Deus. Pois veio João, que jejua e NÃO BEBE VINHO, e dizem: 'Ele tem demônio'. Veio o Filho do homem COMENDO E BEBENDO, e dizem: 'AÍ ESTÁ UM COMILÃO E BEBERRÃO, amigo de publicanos e "pecadores" '. “Mas a sabedoria é comprovada pelas obras que a acompanham”. Mt. 11: 18,19.



Os que são guiados pelo espírito da mentira (Jo. 8: 44) mentem afirmando que Cristo não transformou a água em vinho, e sim em suco de uva. Nas festas de casamento não eram servido suco de uva, e sim o vinho de boa qualidade no inicio e no final da festa quando uma boa parte estava chapada era servido o vinho de baixa qualidade. Cristo transformou a água em vinho e de qualidade tal que foi elogiado com uma qualidade melhor que a boa qualidade do bom vinho servido no inicio da festa. O MILAGRE DO SUCO DE UVA VEM DAS ESCRITURAS DOS MENTIROSOS. E o encarregado da festa provou a água que FORA TRANSFORMADA EM VINHO, sem saber de onde este viera, embora o soubessem os serviçais que haviam tirado a água. Então chamou o noivo e disse: "Todos servem PRIMEIRO O MELHOR vinho e, depois que os convidados já beberam bastante, o VINHO INFERIOR É SERVIDO; mas você guardou o melhor até agora". Jo. 2: 9,10.

Este texto é uma das chaves usada pelos falsos temperantes fundamentados nos livros de Ellen White para condenarem o ato de comer carne e beber vinho, mas não é uma proibição se lermos todo o texto, caso o fosse os conselhos de Deus sobre esta questão estariam entrando em contradição, e Cristo afirmou que o reino contraditório não tem prosperidade. Uma pessoa que afirma ser cristã faz um churrasco nos moldes dos pagãos vai causar escândalo ao reino de Deus, mas se ele o faz de forma decente e dentro dos princípios estabelecidos por Deus não haverá nada de errado. Se você convida alguns irmãos para ir a sua casa comer carne assada e beber vinho de forma moderada e você faz isso na calçada ou em uma área aberta vai causar escândalo, mas se você o faz em uma área reservada não causará escândalo. O problema não é o que você estará fazendo, e sim à forma. Qualquer coisa que você fizer se não estiver dentro da temperança poderá trazer problemas espirituais a um irmão que não esteja ainda firmado na Palavra. É melhor não COMER CARNE NEM BEBER VINHO, nem FAZER QUALQUER OUTRA coisa que leve seu irmão a cair. Rm. 14: 21.


O que é proibido são a embriaguez e jamais o ato de beber. Não se EMBRIAGUEM COM VINHO, que leva à libertinagem, mas deixem-se encher pelo Espírito. Ef. 5: 18.
Outro ponto que é proibitivo é ser viciado (dependente), ou seja, ser alcoolista; um líder espiritual não é proibido beber o vinho, e sim ser muito inclinado a beber diariamente. Como podemos observar Deus não proíbe um líder espiritual beber vinho, proíbe apenas o exagero. Não deve SER APEGADO AO VINHO, nem violento, mas sim amável, pacífico e não apegado ao dinheiro. Os diáconos igualmente devem ser dignos, homens de palavra, NÃO AMIGOS DE MUITO VINHO nem de lucros desonestos. I Tm. 3: 3,8. Por ser encarregado da obra de Deus, é necessário que o bispo seja irrepreensível: não orgulhoso, não briguento, NÃO APEGADO AO VINHO, não violento, nem ávido por lucro desonesto. Tt. 1: 7.
As senhoras que devem ser exemplo de boa conduta as mulheres mais novas, a elas também não é proibido beber vinho, apenas o exagero é proibido. Semelhantemente, ensine as mulheres mais velhas a serem reverentes na sua maneira de viver, a não serem caluniadoras NEM ESCRAVIZADAS A MUITO VINHO, mas a serem capazes de ensinar o que é bom. Tt. 2: 3.
Gozar de seu trabalho com comida e bebida é prazeroso ao homem e isso vem da parte de Deus, por isso não há proibição para estes atos, somente os que não conhecem a Deus é que usam de má fé para proibir o que Deus liberou para o trabalhador desfrutar. Para o homem não existe nada melhor do que comer, BEBER E ENCONTRAR PRAZER em seu trabalho. E vi que isso também vem da mão de Deus. Ec. 2: 24.
Comer e beber são recompensas como presente de Deus a quem trabalhou, mas para os que amam o engano e falsas reformas alimentares sempre negarão o que Deus instituiu para o beneficio de seus filhos. Descobri também que poder comer, BEBER E SER RECOMPENSADO pelo seu trabalho é um presente de deus. Ec. 3: 13. Assim, descobri que, para o homem, o melhor e o que mais vale à pena é COMER, BEBER, e desfrutar o resultado de todo o esforço que se faz debaixo do sol durante os poucos dias de vida que Deus lhe dá, pois essa é a sua recompensa. Ec. 5: 18.
Os que amam, vivem e praticam a mentira sempre terão uma desculpa para questionar a Palavra de Deus, dando créditos a seus profetadas, pastores ímpios e líderes espirituais formados na bigorna da mentira. Jo. 8: 44.


Finalizo com este conselho de Deus: Por isso recomendo que SE DESFRUTE A VIDA, porque debaixo do sol NÃO HÁ NADA MELHOR para o HOMEM DO QUE COMER, BEBER E ALEGRAR-SE. Sejam esses os seus companheiros no seu duro trabalho durante todos os dias da vida que Deus lhe der debaixo do sol! Ec. 8: 15.



Tudo o que fizer, fazei para a glória de Deus...



Autor: Eurias R. Carneiro